02 agosto, 2018

Fogos: «O Prometido é Devido»

Fotos e texto do "A ESTÁTUA DE SAL"

Foto: Um dos seis pequenos incêndios no Algarve. As bestas querem novamente atacar de sul ao norte da PÁTRIA.
«Rui Rio prometeu que se tivermos incêndios suficientes o governo deve ser derrubado e, naturalmente, ele ou outros puseram as suas brigadas incendiárias e FASCISTAS em ação. As mesmas bestas do ano passado voltaram a Pedrógão Grande porque os tribunais não os detiveram nem condenaram.

Todos os criminosos incendiários têm o apoio da magistratura ou parece que têm dada a sua ineficiência em combater aqueles que querem ver a nossa TRISTE PÁTRIA a arder. Viva PORTUGAL, fora com aqueles para quem a PÁTRIA é apenas o seu ordenado e as regalias pessoais e querem condenar os bombeiros que sejam voluntários e militantes do PARTIDO SOCIALISTA.

O incêndio que lavra há quatro dias consecutivos em Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra, continua ativo c/ 317 bombeiros, 97 veículos e nove meios aéreos envolvidos no combate às chamas.

O incêndio de Relva, Vila Real, mobilizava 68 bombeiros, 18 veículos e um meio aéreo. Este incêndio levou à evacuação de cinco aldeias do Parque Natural do Alvão – Benagouro, Iscariz; Paredes, Coedo e Adofe – e também levou ao encerramento da Estrada Nacional 2.

A frente de incêndio em Quintela, também no concelho de Vila Real, levou à evacuação de algumas pessoas das localidades de Vila Marim e Sapiões. De acordo com o SNBPC, está accionado o Plano Distrital de Emergência em Vila Real.

O incêndio em Vale da Aveleira, concelho de Alvaiázere, Leiria, foi dado como controlado.

No mesmo concelho, em Pedrógão Grande, 45 bombeiros combatem as chamas apoiados por 11 carros. O fogo em Fraga, Concelho de Celorico de Basto (Braga) mobiliza até ao momento 22 homens e seis veículos.

Em Fráguas, concelho de Vila Nova de Paiva, Viseu, 16 bombeiros apoiados por cinco veículos e três meios aéreos combateram um incêndio dado como controlado. Às 19h30, o SNBPC indicava haver dois outros incêndios neste distrito, em Santa Luzia (concelho Tabuaço) e junto ao Aeródromo de Viseu.

A meio da tarde dois outros incêndios estavam a preocupar os bombeiros. Na Sertã, distrito de Castelo Branco, as chamas estavam a ser combatidas por 29 homens apoiados por cinco meios aéreos.
Chora PÁTRIA AMADA e que ninguém desarme e se deixe amedrontar pelos TRAIDORES dos Tribunais que deixaram os Incendiários à solta para voltarem a queimar a PÁTRIA para satisfação de Rui Rio e dos fascistas.»

Sem comentários: