26 julho, 2010

À escola o que é da Escola

"Terrear" é um blog de um professor. Dedica o seu trabalho diário "A quem ainda não desistiu de inventar dias mais claros". Portanto dedica-o a mim, a si e a outros que hão-de vir. Lá encontro, sobre educação, muitas reflexões suas e, também, citações. Por lá não passo a correr. Recomendo que façam o mesmo. Deixo aqui parte de uma entrevista com António Nóvoa. Faço-o por várias razões, mas principalmente porque não me excluí nem me excluo do processo educativo: HÁ COISAS QUE NÃO COMPETINDO À ESCOLA COMPETE-ME A MIM enquanto avô ou até mesmo, enquanto cidadão. Eis o texto:

"Qual é o principal desafio de um gestor escolar atualmente?

Acredito que é decidir o que é essencial ensinar aos alunos e garantir que as disciplinas elementares não sejam prejudicadas pela avalanche de conteúdos que são propostos atualmente. Hoje, a equipe docente se ocupa da Educação Ambiental, alimentar e comportamental e com programas de prevenção a aids, acidentes de trânsito e violência sexual. Todos muito importantes, mas que não são responsabilidade da escola. Ao tentar colocar tudo no mesmo pote, falta espaço para o básico."

Este texto pode ser lido integralmente aqui
Nota: Sigo, com igual interesse, outros bogues de professores nomeadamente os que sob influência do Terrear, desenvolvem meritória e militante acção de divulgação de textos e boas práticas da sua profissão. São eles: o "Vox Nostra " e o " Suco, Suquinho, Sucodinho "

10 comentários:

Fê-blue bird disse...

Ser professor em Portugal, é uma profissão de risco.
São opiniões como esta que deviam ser mais mediatizadas, em vez dos noticiários se focarem na repetição de notícias sensacionalista acerca das escolas e dos professores.
Conheço pessoalmente muitos professores que estão cansados de lutar e muitos acabam desistindo.

Boa semana
beijinhos

ps. já tenho o Clint e a Audrey no slide, porque os seus desejos são "ordens" para mim :-)

mdsol disse...

O autor do blog Terrear é muito sabedor e sensato.

:))

polittikus disse...

Creio que os governantes se esquecem que é nas escolas que as gerações futuras formam parte do seu caracter e educação...

maiuka disse...

Pois é, mas com pais como aqueles que vi no vídeo no post abaixo a tarefa dos professores é ainda mais complicada para reunir condições e ensinar o que é elementar. Sei que o pote pode perder espaço, mas lá deviam caber formas simples de educação civica...

beijos

Isa GT disse...

Como diz o polittikus, parece que não percebem a importância da escola, aliás, para mim, são as duas prioridades maiores de qualquer país e na mesma proporção: Saúde e Educação

Bjos

Susana Serrano disse...

Caro Rogério, obrigada pelo link e pelo seu elogio. Eu fiz o meu blogue para manter uma ligação com os meus amigos que não estão por perto. Entretanto fui fazendo novos amigos através do blogue.
Não tenho ali mais intenções do que partilhar o que gosto e o que me preocupa. No Voxnostra sim, procuro ir mais pela via da minha profissão e do meu trabalho diário, em conjunto com outros colegas de profissão. Nem todos somos professores, mas isso só traz mais diversidade.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Então eu à espera de um post sobre o dia do Avô e vem-me falar da escola? Nãããã...

heretico disse...

se tu o dizes...mas não fico convencido.

(talvez a minha "incomodidade" esteja na pergunta e não na resposta...)

abraços.

Fernanda disse...

Amigo Rogério!

Sabes que também dei/dou aulas?
Agora não mais em full-time... mas tenho que te contar, um dia qualquer, como foi "interessante" a experiência !!!
Este assunto da Escola não tem rumo enquanto não for encarado como SÉRIO e REAL!
A Escola e o Ensino, os pais, os alunos, os professores, os directores, o/a ministra da educação, o governo...
anda tudo a brincar com este problema.
Queres ler o que escrevi sobre o assunto em Inglês? http://www.whohub.com/malato1951

Beijinhos

Rogério Pereira disse...

Meus caros,
Fico felíz pelos comentários e creiam não ser por má educação que não vos dedico respostas um a um. Até gostaria de o fazer, mas tenho que acudir a 1000s de males deste País a ver se dou os contributos mínimos para o endireitar.

Ficam a conhecer 3 blogues de professores, com os quais podem trocar impressões ou apenas ir ver o que por lá se vai dizendo...

Eu continuarei a fazer isso!

Abraço