09 dezembro, 2010

O DN financia o candidato Cavaco Silva?


"O Diário de Notícias dispensa apresentações. Com mais de 140 anos de história, continua nos dias de hoje um importante título na imprensa nacional. Tem mantido ao longo dos tempos a capacidade de se reinventar e adaptar a novas realidades e exigências dos leitores, sem nunca perder o carisma e o seu lugar como o jornal de referência dos grandes temas económicos e políticos da vida nacional e internacional. Os seus conteúdos são ricos e diversificados, fazendo do DN um jornal completo, abrangente e de confiança."


Texto do site da Controlinveste, proprietária do Diário de Notícias


Tabela de publicidade do DN (ver aqui)


Peguei no DN de hoje e logo percebi porque razão a sua proprietária, no texto acima, não refere o qualificativo "isenção" nos conteúdos do jornal limitando-se a referir que estes "são ricos e diversificados". Honestidade e coerência tem tal escrito. De facto as notícias e textos que publica sobre as eleições presidenciais, de isenção nada possuem. Contudo percebe-se que por motivos financeiros não possa dar tratamento equitativo a todos. Vejamos só o que o DN perdeu por deixar de vender publicidade no espaço que dedicou a cada um dos candidatos: - Cavaco Silva, 1/4 da sua página 3, mais 1/4 da página 11 Tudo somado dá meia página, em lugar ímpar ao alto e soma 5 100 euros. As fotos são risonhas (apesar das tristes fronhas). - Manuel Alegre e Fernando Nobre, ocupam ambos um 1/8 da página 10 ao baixo. Somados roubam ao DN 960 euros de boa publicidade (480 € cada). Destes, não há fotos para ninguém pois é pressuposto que os leitores os conhecem bem. - Francisco Lopes está fora da tabela mostrada, mas não significa que não tenha dado um pequeno prejuízo (certamente na proporção do valor que o DN atribui à sua candidatura). Pelo espaço por ele ocupado, cerca de 1/32 de página terá implicado uma verba de 120 euros (ele não merece mais). Deste também não há imagem pois se alguém mais o conhecer tudo pode acontecer... Poderá entender-se e mesmo dizer-se que Cavaco Silva está a ser financiado. Mas o Sr. Presidente iria ficar irritado e a Controlinveste também. Acho eu!


Para os restantes candidatos não houve espaço algum...


NOTA: Se as contas estiverem mal feitas, aceitam-se reclamações. Contudo, seria interessante que fosse o DN a aceitá-las

12 comentários:

Janita disse...

Venho do blog do José pela milésima vez e sempre me riu com o seu o "qué ca vera de seri". Vim até cá e peço desculpa por não comentar o seu artigo...a esta hora ser-me-ia completamente impossível.
Bem, não perdeu tudo já que ficou com a conta certa de seguidores-120
Saudações.
Janita

Isa GT disse...

Vendo as coisas nessa perspectiva... o Cavaco está a sair-lhes caro ;)

Bjos

Rogério Pereira disse...

Janita,
Volte depois
Seja bonita...

Isa,
Com o Cavaco tão poupado
o dinheiro tinha de vir
de algum lado...

Fê-blue bird disse...

Assim vai a democracia jornalística ;-)
Por mim até podem escrever o que quiserem, pois não espero lê-los!

Meu amigo, gostaria que participasse com a sua fértil criatividade, no desafio que estou a fazer no meu blogue, sei que posso contar consigo para ver se animamos este Natal :-)

beijinhos

Rogério Pereira disse...


Não sei se vou poder... A partir de amanhã tenho a casa cheia. Não esta nem a outra, da blogosfera, mas a verdadeira...

FMF disse...

Como o mercado anda não sei se tinham publicidade para tanto espaço...

mdsol disse...

Assim até eu fazia uma campanha baratinha, conforme aos tempos de crise.

Não me conformo com a reeleição dele. Não conformo.

O Puma disse...

A coisa está escavacada

mas Cavaco ... só de vê-lo

murcham-me os cravos

Rogério Pereira disse...

FMF,
com uma orientação editorial como esta tem procura que até resta...

MdSol,
Um Sol não chora...

Puma,
Meus cravos não murcham não
Tenho-os vivos
Sempre à mão
... não vá a hora chegar...

Tite disse...

Querido amigo Rogério,

Grande estudo sobre as Presidenciais, ou será que foi sobre publicidade, ou será que foi só sobre o DN?

;-))

donatien alphonse françois disse...

O DN continua a ser a referência do nacional-seguidismo.
Que outra coisa seria de esperar.

Lídia Borges disse...

Quando comecei a ler, não reparando nas aspas, pensei que o Rogério, o seu Contrário e a sua Alma tinham enlouquecido em conjunto.
Ufff!!! Que susto!
bjs...