20 julho, 2015

O Grexit terá sido estudado em segredo, (o impacto e as consequências também?)

Imagem roubada à Olívia
As consequências de uma saída da Grécia foram um assunto estudado detalhadamente, em segredo, por uma equipa de 15 técnicos da Comissão Europeia ao longo de semanas, segundo o jornal grego Khathimerini. No relatório que fizeram são recenseadas cerca de 200 problemas que poderiam resultar de um Grexit, incluindo potenciais consequências sociais devastadoras.
No Público, hoje
Segundo Jerónimo de Sousa, só o governo grego não estava preparado.
Leu?
Do lado europeu o modelo está estudado. 

5 comentários:

Maria Eu disse...

O euro está moribundo. Quem sabe a sua morte
não será a solução, ainda que penosa?

Beijinho, Rogério. :)

maceta disse...

O que os mais poderosos viram foi a possibilidade de perderem a sério com a "irrelevante" Grécia.Quando os mais frágeis podem rebentar com a estrutura eles mexem-se, não por solidariedade ( não existe), mas porque a sua integridade seria fortemente abalada.

Octopus disse...

Meu grande amigo,

Claro que estava em cima da mesa a saída da Grécia do euro.

Só não foi feito porque iria colocar um problema a coesão europeia, não por causa dos chamados "mercados" porque estes estão-se nas tintas para o apenas 2,3% que representa a Grécia.

O desmoronamento da Grécia iria colocar outros países na mesma situação, como a Espanha, a Itália e até a França, que são "ossos mais duros de roer".

Um grande abraço

Fê blue bird disse...

Meu amigo, mesmo sem perceber nada de política vejo que os poderosos jogam com a vida dos mais fracos como fossem simples peças de xadrez.
Só os seus interesses prevalecem , não tenhamos ilusões !

Um beijinho e boa semana

Agostinho disse...

Ora! Toda a gente sabe a história da Europa e a razão da criação da CEE, da UE, do euro, do Eurogrupo à medida das necessidades dos homens da queijaria, que foram mentindo cada vez mais tentando dissimular o monstro. O Hollande vem agora com a conversa dos 6; a máscara caiu?
A Europa é um continente. Só isso.