07 dezembro, 2017

Refeições escolares: "Que no ano letivo de 2018/19 não possam ser renovados os contratos de concessão em que a ação de fiscalização tenha identificado falta de qualidade"*

*Proposta do PCP que o PS rejeitou 

Com os ingredientes da imagem acima faria a minha Maria uma boa refeição.
As escolas, no geral, até parece que não. Mostra-o o programa "Linha da Frente".
Pena que o programa, em vez de um "chefe de cozinha" despropositado, não tenha colhido imagens do Parlamento onde o PS votou contra as propostas do BE e do PCP por elas assentarem num pressuposto que o PS considerou errado: o pressuposto de que todos os problemas ficariam resolvidos se os refeitórios e cantinas fossem todas geridas directamente pelas escolas. No programa da RTP  o diretor da Escola de Ponte de Sor desmente o argumento do PS e dá testemunho em reforço das cantinas geridas pela escola...
E quanto a qualidade, ponham o Diogo e a Maria como controladores e vão ver se a coisa não resulta! Resulta, e a baixo custo...

3 comentários:

Anónimo disse...

Aposto que sim, resultaria!

Abraço,

Maria João

O Puma disse...

Os filhos do PS não comem nestas mesas?

Elvira Carvalho disse...

Claro que resulta.
Um abraço e bom fim-de-semana