17 julho, 2018

João Semedo, in memoriam (1951-2018)

«(...) Gostava de distinguir situações diferentes: há os camaradas que são amigos e há os que são apenas camaradas, não são propriamente amigos, apesar de ligados por laços de solidariedade. Mas solidariedade não é amizade. Os amigos, até podem ter ficado alguns no partido, alguns ficaram, mas a amizade vem connosco, continua. Tenho amigos comunistas, isso não constitui qualquer problema, a não ser garantir uma série de boas discussões. Nunca me senti persona non grata junto do PCP ou dos comunistas. O que seria de todo incompreensível: sou um homem de esquerda, empenhado no socialismo, estou na mesma margem da vida que os comunistas. Não vejo por que razão nos deveríamos desconsiderar mutuamente. »
João Semedo, aqui
Se o tivesse conhecido talvez tivesse sido seu amigo. O médico e ex-coordenador do Bloco de Esquerda faleceu esta terça-feira, com 67 anos. À família, amigos e ao seu actual partido apresento as minhas condolências.

Sem comentários: