21 outubro, 2010

Inglaterra... (Disto, ninguém os Libra)

A classe média inglesa (common people) não será mais aquilo que é...
Nem fora do euro escapam. Que terão a ver com isto as estratégias do eixo franco-alemão?



A canção e as imagens são um documento histórico, irónico (diria mesmo avinagrado)

12 comentários:

  1. Verdade, verdadinha é que o Bernard Madoff originou uma crise, que despoletou com a total desregulação do sistema financeiro: TODOS s estados estão falidos, e nem a venda dos chinelos dele vai salvar uma finança altamente desvirtuada.

    ResponderEliminar
  2. ROGÉRIO...
    a crise afeta a todos nem mesmo "THE QUEEN" ESCAPA A ELA.
    POR AQUI É SÓ BAIXARIA NO SEGUNDO TURNO, ESTAMOS A MERCÊ DE UM CAUS POLITICO ONDE TUDO É DISCUTIDO MENOS DEMOCRACIA E DIRETRIZES PARA GOVERNAR.
    É UMA PUTARIA FRANCISCANA TOTAL.
    ADOREI A RESPOSTA AO TEXTO ONTEM..
    VC É REALMENTE UM GRANDE ARTISTA.
    BJUIVOS NO SEU CORAÇÃO.
    QUE SUA NOITE SEJA EXPLENDOROSA.
    LOBA.

    ResponderEliminar
  3. Desconfio que muito.
    E quanto ao projecto europeu, creio que está nas vascas da agonia: é cada um por si!

    Um resto de noite bom.

    ResponderEliminar
  4. Caro Rogério
    Esta chatice do dinheiro, chame-se libra, euro e mais uma infinidade de nomes está a criar sérios problemas à economia. Não é "politicamente" correcto, mas no que toca à Europa começa a ser evidente que aquela ideia de um por todos, todos por um, é uma miragem. Cada vez mais, funciona a lei da selva...
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Já não é apenas o eixo-franco alemão, porque a Itália também quer entrar na festa. Se os pequenos países europeus fossem espertos, acordavam uma saída em simultâneo da zona euro e seria ver a senhora Merkel ir pelo cano.

    ResponderEliminar
  6. Adorei o post, verdadeiro e bem humorado.
    Abração

    ResponderEliminar
  7. Estou de acordo com o comentário do amigo Carlos, bastava unir-mo-nos para ver eles tremerem.

    Meu amigo tenha um excelente fim de semana, se possível mais para o doce do que para o azedo ;-)que eu, por imperativos familiares, só voltarei cá em Novembro.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. por aqui tb a crise não arreda pé!
    o país estagnou e viu a China passar a frente...

    ResponderEliminar
  9. Rogerio, como disse a Valéria é crise financeira e de vlores por todo lado, aqui então... estamos assistindo a campanha política mais abjeta de que eu tenh notícia.
    abs carinhosos
    Jussara

    ResponderEliminar
  10. sinceramente, ainda gostaria que me explicassem como é que a europa chegou ao estado em que chegou... eu sei que nestes assuntos sou uma verdadeira néscia, mas tenho cá para mim que não foi só a crise americana que despoletou toda esta confusão.

    [peço desculpa pelo comentário loiro, mas como disse, sou uma verdadeira néscia nestes assuntos]

    abraçinho

    ResponderEliminar