03 outubro, 2010

Nós seguimos o que lá se passa porque isso tem a ver connosco...




Com alguns hipóteses certas: se houver 2.ª volta, o PV, Partido Verde, pelo qual Marina Silva é candidata, irá apoiar Serra. Pode parecer estranho quando Marina saiu pela esquerda do PT... Acontece que no Brasil as mais esquisitas coligações são possíveis - se o coração de Marina está à esquerda, o PV é aliado do PSDB, de José Serra, em vários estados. A aposta mais segura continua a ser a vitória de Dilma Rousseff”

Ferreira Fernandes, hoje no DN a não perder
NOTA: Quem não ler o artigo do DN está dispensado de comentar...

22 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eleição no Brasil...algo tão complicado de entender até pra gente que é brasileiro hahaha

o negócio é orar... pq pelo panorama visto, melhor não se animar.
bom domingo meu amigo

ariel disse...

A simpatia que sinto pelo Lula, não se transfere para a Dilma...., se fosse brasileira votava na Marina.
:)))

lolipop disse...

Já éramos duas...
bjo

Rogério Pereira disse...

Alexandre,
Nada do que se passa no mundo me passa ao lado da razão... Nem que seja no seu sertão...

Rogério Pereira disse...

Ariel e Lolipop

... não somos três. Nunca percebi como Marina pode apoiar Serra e sempre percebi que o sucesso do Brasil de um serralheiro tem base em bom conselheiro (Lula diz que é Dilma e eu acredito nele...)

ariel disse...

Amigo Rogério,

Sou republicana, não gosto de dinastias....dão sempre mau resultado.

Beijo
:)))

folha seca disse...

Rogério

Só quero dizer que já somos dois.
Como dizia o poeta "a razão mesmo vencida...
Abraço

polittikus disse...

As eleições parecem uma palhaçada, todos prometem serem melhores que Lula, mas ideias, nada...

PS-Eu que tinha esperanças na mulher melão.

Rogério Pereira disse...

Ariel,
No estado em que se encontra o Brasil há sempre um mau resultado
com um outro, o bom, do outro lado...
(escreveu dinastia?)

Folha Seca,
Lendo o Times e o Le Monde
eu saberia votar, onde...

polittikus,
Pois é...

Violeta disse...

Julgo que não há dúvidas que será Dilma a vencedora. Vamos ver?

Anónimo disse...

Só fui votar porque sou obrigada, caso contrário nem perderia meu tempo.Os candidatos são um pior que outro!

lolipop disse...

Amigo Rogério,
Hoje conheci o "Last Nanban Jin", tem uma gatinha...é Português e mora num sítio remoto do Japão.
Se o quiser visitar o basta clicar na foto da gatinha (canto superior direito do Banzai).
Abraços

Palavras Vagabundas disse...

Parodiando o Ale, o Brasil é complicado não é só as eleições!
Nunca percam de vista que as gds redes de TV e os gds jornais estão no sudeste a mais ou menos 5.000 km do Norte e Centro-Oeste do país.
Esse lado do país é o chamado Brasil que o Brasil (sul/sudeste) não conhece.Gostem ou não do Lula ele fez um bom governo para milhões de brasileiros, como o Censo constatou.
abs carinhosos
Jussara

Rogério Pereira disse...

Minha gente
Alguèm não vai ficar contente...

Só um comentário de excepção, quanto ao voto obrigatório. Não tenho uma opinião definitiva. Votar é direito ou dever. Tendo a entender ser um dever cívico como contrapartida dos direitos conferidos pela sociedade. A ser assim, quem não vota deveria perder direitos (alguns). Quem acha que nenhum candidato merece seu voto vota branco. 51% de voto branco nestas eleições (ou noutra) seria a prova de que a Salete teria razão. Quanto a mim o Brasil tem tido até aquí Lula (registo o comentário das "Palavras Vagabundas"), vejamos o que vem aí...

Saozita disse...

Olá estimado amigo Rogério, pelo que já sabemos a Dilma é vencedora.
Que o Brasil tenha muito sucesso é o que podemos desejar.

Tem um bom Domingo.

Bjs

Sãozita

José disse...

Eu também votaria Lula, porque tirou vinte milhões de brasileiros da pobreza, porque levantou a economia do país, e porque um presidente ou um ministre não tem que obrigatoriamente ser engenheiro, ou doutor.

Palavras Vagabundas disse...

Rogério,
posso pessoalmente não gostar do voto obrigatório, mas quando todo mundo for minimante politizado, poderemos abolir a obrigatoriedade.
Hoje presenciei a seguinte cena,
um pai, obviamente pobre, saiu da sala de votação e foi pegar sua bicicleta junto com o filho, uma "senhora" pouco educada tinha colocado seu carro em cima da calçada. O rapaz pediu que ela tirasse o carro e quase houve um
bate-boca, aí um monte de gente foi lá defender o rapaz e ele muito digno disse: "Gente! Deixa prá lá. Hoje em frente a urna ela é igualzinha a mim". Quando todo mundo pensar como ele, não precisaremos de voto obrigatório mas enquanto tivermos pessoas que se acham melhor que outros, é melhor o obriatório.
abs
Jussara

Rogério Pereira disse...

Querida Jussara,

Penso que deu um excelente (e documentado) contributo para formar a minha opinião...

Abraçinho

Fernanda disse...

Amigo Rogério!

Não sei quem é a candidata, mas sei quem é Lula da Silva, com provas dadas!!!
Eu não teria dúvidas!

Beijinho

mdsol disse...

A bem dizer estou com o raciocínio da Ariel.

:)))

caminhante disse...

quando até um palhaço consegue ser eleito... e eu que pensava que o nosso país estava entregue aos bichos!

[com todo o devido respeito aos bichinhos propriamente ditos, claro]

abraçinho

donatien alphonse françois disse...

Houve um palhaço em Portugal que foi eleito com mais votos que o Tiririca. Não é analfabeto, mas se calhar nunca leu um livro.