06 outubro, 2010

PETIÇÃO PELO PLURALISMO DE OPINIÃO - Um acto de cidadania

O meu blogue faz interregnos para coisas belas. Mas ele não é o interregno. Não se esquece da missão que lhe dá génese. Postar poesia, canções, sorrisos, gritos de alma e divagações é um desvio, não é o caminho que escolhi e me faz estar aqui.
O meu acto de cidadania é contrariar a distorção e a omissão de factos que mexendo com a minha vida mexe com a vida do cidadão comum. Não estou só. Hoje demonstro isso dando destaque a uma iniciativa do blogue "Ladrão de Bicicletas" e faço apelo à assinatura do documento que transcrevo parcialmente, mas cuja leitura integral recomendo.


PETIÇÃO PELO PLURALISMO DE OPINIÃO

"As medidas de austeridade recentemente anunciadas pelo governo vieram mostrar, uma vez mais, a persistência de um fenómeno que corrói as bases de um sistema democrático. Nas horas e dias que se seguiram à conferência de imprensa de José Sócrates e de Teixeira dos Santos, os órgãos de comunicação social, nomeadamente as televisões, empenharam-se mais em tornar as referidas medidas inevitáveis do que em promover efectivos espaços de debate em torno das grandes opções político-económicas. (...)
-
Por ignorância, preguiça, hábito, desconsideração deliberada ou manifesto servilismo, os canais televisivos têm sistematicamente tratado a análise da crise económica como se o intenso debate quanto aos fundamentos doutrinários e às opções políticas que estão em jogo pura e simplesmente não existisse. (...)
-
Somos cidadãos e cidadãs preocupados com este silenciamento e monolitismo. E por isso exigimos aos órgãos de comunicação social – em particular às televisões, e sobretudo àquela a quem compete prestar “serviço público” – que respeitem o pluralismo no debate político-económico de modo a que se possa construir uma opinião pública mais activa e informada. Menos do que isso é ficar aquém da democracia e do esclarecimento.(...)
-
Ver texto integral e assinar aqui.

ÚLTIMA HORA - No link ao post editado no "Ladrão de Bicicletas", referido acima, apanhei num comentário Mário Soares a dizer coisas que reproduzo aqui

Mario Soares - Pros e Contras - os media @ Yahoo! Video
Por estas declarações Mário Soares passou a figurar como testemunha arrolada por mim.

Ele testemunhará a existência do PiG em Portugal

12 comentários:

  1. A blogosfera é como uma farmácia: há remédios para tudo.
    Postar poesia, canções, sorrisos, gritos de alma e divagações é também um caminho.
    O caminho do Rogério é de mostrar os podres da nossa sociedade. Porque não?
    Cada um de nós pode seguir o caminho que quiser, vivemos numa sociedade livre.
    O "ematejoca azul" ainda não encontrou o seu caminho, e, nem
    pensa encontrá-lo... e sobre a TV não pode dar nenhuma opinião, porque nunca abre a TV, a não ser para ver algum filme do tempo do D. Afonso Henriques.

    ResponderEliminar
  2. Em Portugal há censura tb?
    No Brasil há de maneira velada, o jornal "O Estado de São Paulo" segue em censura por meses, por ter opinião contrária a do governo.
    vamos assinar a petição! bom dia

    ResponderEliminar
  3. Amigo deixo-te um abraço pela coragem de trazer aqui e agora o que se vem arrastando há muito tempo.
    E nós todos pagamos essa TV que nos sopra só as opiniões governativas.
    Tudo o que não falar a mesma linguagem vai para a rua.........
    Até quando esses senhores serão capazes de amordaçar tudo e todos...?

    ResponderEliminar
  4. Caro Rogério

    Boa iniciativa.
    Já lá tá.
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Amigo Rogério:

    Conte comigo, até porque pelo meu post de ontem dá para perceber que estou de acordo e concordo inteiramente com esta petição.
    Vou espreitar também o blogue referido.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Querida Ematejoca
    Preocupado com o seu comentário
    fui contar à minha Maria
    aquela neta minha
    pequenininha
    que nasceu no outro dia
    Ficou...
    Chorou, chorou, chorou
    Acho que esta noite nem mamou
    pensei
    Há coisas que os adultos dizem
    que não se devem contar aos bebés
    Mas matutando, matutando
    o que a teria desgostado tanto,
    encontrei uma razão
    p´ra Teresa só ver na televisão
    o que D. Afonso Henriques fez à sua mãe
    que por sinal, se chamava Teresa também...

    Eu que gosto tanto de Teresas...

    ResponderEliminar
  7. - Caro Alexandre, está a dar-me uma novidade. Eu sei que a Globo, a Veja atacam Lula, o Governo e a Dilma sem dó nem piedade,
    julgava que o "Estadâo"
    afinava pelo mesmo diapasão...
    Vou já ver o que se passa!

    Caros Luis, Folha Seca e Fê
    assim mesmo é que é.
    Sem contraditório
    nem saberemos como vamos cair no peditório...

    ResponderEliminar
  8. Vou a já correr assinar, Rogério. E claro que Mário Soares, chamemos-lhe o que quisermos, mas desentendido é que ele nunca foi....

    Abraço

    :)))

    ResponderEliminar
  9. Neste sistema de esbulho que massacra os espoliados da vida

    pluralismo nem nos impostos

    entretanto é urgente
    a criação de uma forte opinião pública que se indigne
    porque a indiferença mata

    Abraço

    ResponderEliminar
  10. Rogério:
    Já tinha assinado esta petição..não com este nome,claro...

    Mas vou pôr o link, já que me esqueci.

    Abraço!

    ResponderEliminar
  11. Meu caro Rogério, tem de explicar ao bebé Maria, que o D. Afonso Henriques era pura e simplesmente uma metáfora.
    Eu queria dizer, que só abro a TV para ver filmes muito antigos, que já não andam pelas salas do cinema.
    Hoje, abri-a para ver um filme policial baseado num livro da americana Donna Leon.

    Abração da amiga burguesa!

    ResponderEliminar
  12. Querido Rogério, amigo!

    Assinei esta petução que me chegou via e-mail.

    Ainda bem que o teu Blog não trata, nem de banalidades w muito menos repete as notícias que todos nós temos o dever de saber.
    Viver é também saber o que se passa em redor... no mundo e falar das injustiças, preferencialmente dando opiniões válidas e até apontar possíveis saídas.

    Não foi só a Maria que ficou triste, acredita!

    Beijinhos

    ResponderEliminar