01 maio, 2018

Forçado pelo diabo, perdi este 1º de Maio


Pela manhã fingi estar melhor, como fosse possível esconder olhos lacrimejantes, tosse persistente e espirros denunciantes de um estado que teimava em não melhorar. "Não, não vais!, assim... nem penses!" Dizia-me ela entre o autoritário e o tom de quem implora. Fez com ela coro a Minha Alma e até o Meu Juízo me dissuadiu chamando-me à razão sobre coisas inadiáveis, dizendo-me "Vê lá, é melhor ficares em casa. É amanhã que fazes falta!"

Vencido e convencido, entreguei-me à tarefa de preparar o enquadramento a dar à apresentação, reli o que escrevera sobre o que José Gomes Ferreira dissera dele e passei os olhos sobre outros textos.

Amanhã estarei melhor, certamente. Agora a dúvida é saber se ao Professor João Caraça irão chegar os 60 minutos que tem para falar de um Homem tão grande, seu pai.