08 maio, 2018

«À Justiça o que é da Justiça, à política o que é da política»


Em Fevereiro de 2010, o então ministro da Justiça, Alberto Martins recusou comentar a publicação de novas escutas relativas ao processo Face Oculta disse, em declarações aos jornalistas «À Justiça o que é da Justiça, à política o que é da política». O lema, como enunciado da separação dos poderes, manteve-se intacto até aos dias de hoje. Há poucos dias António Costa repetiu-o a propósito da posição do PS face à saída de José Sócrates, 
"fico surpreendido, porque não há qualquer tipo de mudança da posição da direcção do PS sobre aquilo que escrupulosamente temos dito desde o início: Separação entre aquilo que é da justiça e aquilo que é da política".

Em oito anos, o PS manteve a coerência mas limitou-se ao enunciado do principio e deixou resvalar os acontecimentos e as situações a um ponto que até envergonham (dizem) os seus dirigentes. PS esqueceu a dimensão moral e ética de quem exerce poderes e esqueceu também o que caracteriza o regime capitalista. Já não recomendo que adote, nos estatutos do partido, um artigo que determine que "No desempenho dos cargos para que foram eleitos, os membros do Partido não devem ser beneficiados nem prejudicados financeiramente por tal facto", mas que pelo menos leia Lukács e Marx
«A filosofia burguesa isola a ética do conjunto da práxis humana, o
que provoca, por exemplo, uma falsa oposição entre moralidade e legalidade (...) ou, se reconhece suas vinculações, insere-a num niilismo relativista, limitando a ética à interioridade da decisão individual abstrata e criando um aparente dilema entre a ética interior e exterior (do sentimento e da obediência)»
Lukács, in "Ontologia do Ser Social.

«Sem sombra de dúvida, a vontade do capitalista consiste em encher os bolsos, o mais que possa. E o que temos a fazer não é divagar acerca da sua vontade, mas investigar o seu poder, os limites desse poder e o caráter desses limites.»
Karl Marx, in "Salário, Preço e Lucro"

8 comentários:

Maria João Brito de Sousa disse...

Contradiz-me, caso esteja em erro, mas penso que o artigo quinquagésimo quarto é exclusivo do Partido Comunista Português. Aplaudi-lo é fácil para todos. Recomendá-lo a elementos de outros partidos de inspiração mais ou menos confessadamente burguesa será o mesmo que pregar para peixes que, nos nossos dias, se nos apresentam já amanhados, congelados e devidamente embalados nas bancas dos supermercados.

Perdoa-me se abusei do vinagre.

Abraço!

Anónimo disse...

"A linhagem sanguínea considerada a mais nobre no mundo de hoje, não é de ninguém menos que o líder dos Judeus Ashkenazim no mundo inteiro, a família Rothschild."..."A sua linhagem também se estende às famílias reais da Europa..."

"1848: Karl Marx, judeu Ashkenazi, publica “O Manifesto Comunista”. É curioso que ao mesmo tempo que trabalhava nele, Karl Ritter da Universidade de Frankfurt escrevia a antítese que formaria a base para o “Nietzscheanism” de Friedrich Wilhelm Nietzsche. Este “Nietzecheanism” transformou-se mais tarde em fascismo, depois em nazismo e foi usado para instigar a primeira e segunda guerra mundiais.

Marx, Ritter e Nietzsche foram financiados pelos Rothschilds e estiveram sob as suas instruções. A ideia consistia que os que dirigissem a conspiração geral usassem as diferenças entre as duas ideologias, de forma a dividirem cada vez maiores facções e colocá-las em campos opostos. Garantida a divisão, as facções teriam que ser armadas e induzidas a combaterem de tal forma que se destruíssem umas às outras e em particular, destruíssem todas as instituições políticas e religiosas. O mesmo plano foi apresentado por Weishaupt em 1776. (o método permanece. Analise-se o actual conflito “religioso” no Médio Oriente – Ndt)"

https://artedeomissao.wordpress.com/2012/06/20/a-historia-dos-rothschild-parte-5/

Corrigida a História, era bom focar as atenções em Rui/Costa que Marcelo quer ver juntinhos, tão depressa quanto possível para:
Alterar a Constituição e, obedecer, de vez, às ordens, "de Bruxelas", mais propriamente das famílias que mandam nisto tudo, há mais tempo do que a maioria imagina e a água está para lhes ser entregue desde 2013:
https://artedeomissao.wordpress.com/2013/03/06/ue-promove-a-privatizacao-da-agua/Água - Operação Secreta " - UE Promove a Privatização da Água

Quem tem poços não pense que escapa, quando têm conseguido ir fechando fontes, algo que até tínhamos Direito no tempo da Ditadura... e isto de Ditadura... parece que apenas piorou, pois ninguém pagava IMI para ter um tecto e muito menos IVA, das batatas a todos os bens que precisa para Sobreviver, não têm fim as taxas, impostos e afins... só falta controlar a água Indispensável à Vida mas... Costa repetir "À Justiça o que é da Justiça, à política o que é da política", mais valia dizer que, entre os que apanham e os que escapam, dá para imaginar a fila dos que estão para entrar e servir quem não devem...

“Os mestres da lei e os fariseus assumem autoridade sobre a lei, como se fossem o próprio Moisés... e eles próprios não fazem o que vos ensinam." - Mateus 23

Depois disto, teremos 2021 onde nos preparam novas mudanças no sistema monetário e, com a Dívida Global se, mais ou menos, trocámos 200$00 por 1 euro (papel pintado, criado do nada mas, ainda visível aos olhos), quantos euros serão para a moeda virtual Deles (as outras são para ir treinando os rebanhos) portanto, imaginem quanto lhes vai render cada copinho de água... e... racionada.

A ideia é que não haja Nada Nas Nossas Vidas que não seja controlada pelo falso dinheiro deles, até ao ponto de matar de sede quem não lhes dê lucro... aquilo não é gente, nem bichos... são a materialização da pura malignidade sobre a Terra e seus habitantes. No tempo da outra Ditadura ainda se podia "Dar o Salto" para outro país... desta vez, não podem fugir para outro Planeta (mesmo que vos queiram "vender" mais essa).
Aquela do "avisem o formigueiro que vem aí tamanduá", tal como os tamanduás, a sua longa pelagem o predispõe a ser parasitado por "ectoparasitas e carrapatos"

“Onde há mais restrições e proibições há mais pobreza. Onde as pessoas estão cheias de esquemas inteligentes, também há resultados estranhos. Onde existem muitas leis e decretos, há uma abundância de criminosos"-Lao Tzu, Tao Te Ching - século VI (551 A.C.)
Mafalda

O Puma disse...

O problema não é PINHO
é o pinhal

Rogerio G. V. Pereira disse...

Puro gourmet, cara Poeta

E tenho vocação para pregar aos peixes, na esperança de ser ouvido pelos pescadores...

Rogerio G. V. Pereira disse...

teu texto é um delírio

demasiado tenso para o meu espaço
demasiado extenso para ser facebookiano

Rogerio G. V. Pereira disse...

...e os eucaliptos, pá?

Anónimo disse...

Demasiado "tenso"?
Quanto a "facebookiano", não me preocupa, não faço parte e, por aquilo que se sabe, ainda bem, eu não ter entrado nessa "caixinha".

No entanto, muito mais importante, é estarmos a chegar ao End Game.
A única solução:
As "folhas"(Seres Humanos) não abanarem na direcção do vento, mesmo que estejam arrumadinhas em "ramos"(Partidos).
As duas maneiras de rasgar a Constituição:
À descarada ou sorrateiramente (às "garfadinhas") e, mais uma vez o PCP cheio de boas intenções vai ser usado (a única dúvida é se vai, ou não, cair na armadilha).

O "beijoqueiro, aquele dos pezinhos de lã" já deu o mote, porque os jogadores já estão todos colocados no sítio, muito conveniente aos que não moram cá.
A criadagem necessária a ser sacrificada para atingir um objectivo final, está no altar das atenções, altar construído pelos que não moram cá e, assim, poderem rematar o jogo.

Porquê o fim do sigilo bancário a partir de 50.000 euros?
Se fosse noutro país provavelmente a fasquia seria diferente porque, o número nem interessa, uma grande "garfada" vai ser dada na Constituição e, eles sabem que a maioria de nós não tem 50.000 euros no Banco, portanto, a maioria vai focar-se no "altar" e nem vai prestar atenção que algo que está na Constituição vai ser erradicado e, a partir daqui, vai ser a porta escancarada para tudo o resto.
Mais uma vez, apostam na divisão mas, como eu já não sou "folha" ingénua, sei que o dinheiro, cargos e benesses são "distribuídos" a nível global, onde Paraísos Fiscais abrigam o dinheiro da criadagem posta em níveis mais altos.(Porque há níveis, na própria criadagem e, alguns, são postos e escolhidos para, mais tarde, serem usados como sacrifício, apenas para manipular as percepções das massas)

A partir daqui, tudo aquilo que pensamos ser para nos defender será para nos escravizar, até não nos restar mais nada para defender.

Posso não ter 50.000 euros no Banco mas, muito menos, serei ignorante para saber que Tudo o que está na Constituição, tem que ser Defendido com "unhas e dentes".
Os Deputados que levantarem a mãozinha, puxada pelos cordéis invisíveis de cada Partido e, onde cada Partido funciona com cordéis invisíveis vindos de fora, pelo menos, que saibam que vão colaborar na destruição da Constituição e, aqui, é que vamos conhecer quais as "folhas" podres e quais as "folhas" saudáveis porque, mesmo que não voltem a sentar-se no Parlamento por desobediência, se todos fizessem o mesmo, ainda poderíamos ter esperança porque, nesta guerra, já só se pode lutar "folha a folha" ou com meros "canivetes" contra os think tanks que servem a elite e que programam os objectivos com anos de antecedência.

Há quem acredite que tudo está perdido e nada poderá melhorar, pois se esta primeira "garfada" à Constituição passar... eu não tornarei a escrever mais nada porque posso garantir que não haverá mais nada a defender.

Os Deputados, de qualquer Partido, que ainda tenham Consciência, pratiquem a não acção e, se for preciso para não matar a Constituição... amarrem o braço ao chão e, aí sim, estão a esquecer os seus próprios interesses pessoais de "recondução" ou de um melhor "tacho", para defender um Princípio Fundamental.

Finalmente, vamos conhecê-los a Todos ("folhinha a folhinha") e, é escusado tentarem esconder-se atrás da obediência a Partidos e, fará mais sentido algo que eu disse noutro comentário:
"Portanto, pelos seus frutos os conhecereis."- Mateus 7:20

E posso acrescentar mais:
"Apesar disso, esses tais, levianamente, difamam tudo o que não compreendem; e se corrompem até nas atitudes mais simples que aprendem por instinto, como animais irracionais, se corrompem. … - Judas 1:10-19
Mafalda

(Costa todo "disponível" a Jerónimo contra a corrupção... uma carpete vermelha cheia de minas e armadilhas)

Maria João Brito de Sousa disse...

Quando descobrirem o Santo Graal e o pano cair, avisem-me, por favor!

Parti-me - muito literalmente - pela cintura e sou bem capaz de, por causa das dores, nem sequer dar por isso.