05 maio, 2018

O momento que estamos vivendo e "A Superioridade Moral dos Comunistas"

Foto tirada daqui

Leio no "POLITEIA":
«Neste movediço terreno tanto o PS como os partidos de direita que têm governado o país terão muito mais a esconder do que a exibir, cabendo aos que têm as mãos limpas prevenir a provável onda populista denunciando e investigando politicamente toda essa enorme teia de ligações entre o poder e as empresas de que são exemplos mais significativos as privatizações ruinosas, os contratos de longa duração destinados a transferir significativos recursos colectivos para o sector privado, como as concessões de exploração de bens e serviços essenciais, as PPP, os resgates bancários entre outros. Ou seja, somente contra atacando pelo lado certo se poderá desmontar a estratégia da direita.
Ponto é saber quem pode participar no contra ataque... »
Depois de ter lido e de lá ter deixado em comentário "Aquele que não tiver pecado atire a primeira pedra", lembrei-me de lições que nunca esquecemos:
 «Mesmo que um membro do Partido seja esforçado e cumpra as tarefas do dia a dia, seria errado considerar de importância «secundária» o seu comportamento moral no local de trabalho, na família, na vida pessoal. A conduta moral dos comunistas não é um problema privado, que diga apenas respeito a cada qual. Essa conduta tem repercussões na actividade e no prestígio do Partido. Pertence também em certa medida ao Partido.
(...)
As massas não só aferem, pela sua experiência, a justeza da orientação política e das palavras de ordem do Partido como estão particularmente atentas e são particularmente sensíveis ao exemplo moral dado pelos seus membros. Exemplo de dedicação. Exemplo de combatividade e de firmeza. E também exemplo de comportamento pessoal num sentido mais largo: exemplo de dignidade e da intransigência para com as concepções da moral burguesa e as práticas dela decorrentes. Se a vanguarda ajuíza das influências da moral burguesa sobre as massas, as massas julgam por sua vez o comportamento moral da vanguarda. Os comunistas têm de agir de forma a passar com honra um tal julgamento.»

6 comentários:

Maria João Brito de Sousa disse...

Quase de saída e a preparar-me para estar pronta assim que os meus vizinhos me vierem buscar, partilho e voltarei, ainda hoje ou amanhã, para uma (re)leitura mais atenta.

Abraço-te, Rogério.

Larissa Santos disse...

Bom dia. Bom texto! Gostei de ler:))

Hoje:- {Poetizando e Encantando.} Mãos que nos guiam em voos de ternura .

Bjos
Votos de Bom Domingo (Feliz dia da Mãe)

Sérgio Ribeiro disse...

Oportunissimo lembrá-lo!
Forte abraço

Rogerio G. V. Pereira disse...

Relê, João
Relê
Se somos difentes
é esse o porquê

associado aos nossos estatutos
Artigo 54.º
1. ...
2. ...
3. ...
4. No desempenho dos cargos para que foram eleitos, os membros
do Partido não devem ser beneficiados nem prejudicados financeiramente por tal facto.

Rogerio G. V. Pereira disse...

A mãe Teresa
agradece

Rogerio G. V. Pereira disse...

Dar-te-ei um abraço
ao vivo
no próximo sábado

até lá