07 maio, 2013

Resistir, enquanto se comemora o dia da Europa - 9 de Maio

Enquanto a classe média não atina,
embora o espectáculo e o sentir a deveria levar a intervir,
há quem dia 9 (Dia da Europa) vá à rua, onde a luta continua. Vejamos quando se junta...

"Tomem nas mãos a necessidade de derrubar este governo e esta política", vá lá!

(concentração, dia 9  às 18 horas, junto ao metro do Chiado)


13 comentários:

ematejoca disse...

Dia da Europa!

Qual Europa?

A do Norte ou a do Sul?

Uma Europa Unida é quase impossível!!!


"Tomem nas mãos a necessidade de derrubar este governo e esta política"

E qual é a política do seu sucessor?

Até agora, o toninho não deu provas de ser mais competente do que o coelho.

E é uma utopia pensar, que o Partido Comunista faça parte de um novo governo, camarada Rogério!

jrd disse...

Dia da Europa? Qual Europa? Onde é que isso fica?

Rogério Pereira disse...

Se a Teresa não deixa...

"A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar" - Eduardo Galeano

São disse...

Europa? Sim, existe, mas União Europeia , essa, agoniza...

Abraço

ana disse...

A Europa é um mito...

(Quanto a ficar sem palavras:
Por vezes é bom o silêncio).

Boa tarde!:)

quem és, que fazes aqui? disse...


O Velho Continente agoniza, mas eu não!

Esse seu ato de cidadania é também o meu.

Beijo

Laura

JP disse...

O Dia da Europa ou o Dia da Alemanha? Lá comemora-se, não sei se nesse dia se no dia anterior, a festa da espiga. Deve ser uma festa de arromba...

Abraço

Cristina Cebola disse...

A política cansa...os governos cansam...estamos todos cansados. Não precisamos de governos, nem de políticos desgovernados...

Boa semana amigo!

O Puma disse...

Com o escudo

tínhamos alguma protecção

e sempre fomos europeus

Lídia Borges disse...


Não há nesta Europa nada a festejar. Ela subverteu os valores humanos matando o essencial, elevando o acessório.


Um beijo

Cristina Cebola disse...

Com tanto azedume, NUNCA conseguirá desvendar o segredo da VIDA, nem tampouco a sua essência amorosa.
Experimente desligar-se do negrume que lhe torna os dias escuros e deixe-se envolver por aromas, flores e adornos...
Quem sabe assim, a ignorância dará lugar à luz do espírito.

Seja feliz!

Maria João Brito de Sousa disse...

Não vamos festejar, vamos lutar e protestar...

Abraço!

Fernanda disse...

Nem Coelho nem Toninho, tem de ser radical a mudança.

"Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades"

M U D A N Ç A !!!!