11 maio, 2013

Só quero lembrar que o futebol é a coisa mais importante de entre as coisas pouco importantes com que nos devemos preocupar!

Eu, em assembleia de netos, explico o que eu próprio não entendo...
O treinador Mouro (que sou eu, não confundir com o Mourinho) tem o ânimo, para vencer o desanimo, e explicar aos netos: "A melhor defesa é o ataque" - e explicou que nada está perdido a não ser o muito que se perdeu. Os netos não perceberam nada disto... Nem Jesus. 
Nem o Mouro, que sou eu. 
Nota: o que foi lembrado, está aí, por tudo o que é lado 

11 comentários:

AFRODITE disse...


Daquelas 3 três coisas que muita gente não gosta de discutir (comigo incluída) que é futebol, política e religião, apenas me aventuro de vez em quando a falar de futebol...

Mas como nem vi a desgraça deste jogo nem nada, acho que vou passar de fininho e deixar-te apenas um beijinho com o baton vermelho dos lábios já um pouco borratado!
:(


Fica bem
(^^)

AMCD disse...

O futebol, esse ópio!

Confesso que por vezes também o tomo, mas prefiro fazer como sugeriu Nietzsche em relação aos venenos. Em quantidades ínfimas até podem ser benéficos.

Mas hoje o Porto-Benfica foi um autêntico veneno. Até estou com azia.

Lídia Borges disse...


Não há como não ver. E cansa!


Bom fim de semana.




Catarina disse...

Lindas, lindíssimas estas fotografias! Estás a ficar uma fotógrafa de se lhe tirar o chapéu! : )
Não sei como, tinha perdido este post.

JP disse...

Nem os netos nem o Jesus. Mas o Jesus não percebe mesmo. Pronto.Hoje estou triste com aquele mouro....mas não desiludido!

Abraço

jrd disse...

Não sei de que estás a falar. Aliás, vendo bem, não passei por aqui, estou longe.

ematejoca disse...

ESQUECE o benfica, camarada Rogério!!!

O FUTEBOL CLUBE DO PORTO é a melhor equipe e vai ganhar o campeonato!!!

Fê Blue bird disse...

Eu também não percebi :))
Quando puder passe no meu blogue fiz uma pequena homenagem aos amigos e amigas.

beijinho

Mar Arável disse...

Talvez escorreguem da cadeira

na capital do móvel

Janita disse...

Por tudo o que é lado está lembrado e explicado...o inexplicável:
A importância do que não é importante!

Como poderiam os netos entender o que ninguém entende? :))

Beijos.


Carlota Pires Dacosta disse...

Gloriosa Benfiquista, sempre!!
Beijo