07 fevereiro, 2018

Da mentira do Presidente ao apagão, na Visão


Na imprensa, sem que seja novidade, uns manipulam, outros, por vezes distraídos, arrependem-se dos textos publicados e por isso retira-os. Cúmplices, os outros jornais e revistas seguem o omisso e replicam o silêncio sepulcral...
Julgo ter sido o caso, quando para ter acesso ao original de um texto publicado recorri ao expediente de sempre. Peguei na primeira frase "saiu tudo ao contrário das profecias", coloquei-a inteira no google e fiz enter e... nada vi, zero, népia. Foi como nem tivesse existido tal artigo.
Peguei na segunda frase e repeti a dose, e outra vez nada. Ou melhor, nada que tivesse a ver com a procura e apenas a confirmação da sua existência. 

Por última tentativa fui à revista, origem da notícia. E dela, da noticia, nem pisca.

Fui então o sítio de onde o título partiu, e lá estava. Com foto e tudo. E no texto, a indireta explicação do apagão na Visão. Assim:
«Quando agora Marcelo Rebelo de Sousa anuncia que o governo de António Costa herdou um “trilho aberto” de ”inquestionável mérito” parece estar a querer refazer a história e “inquestionavelmente” a formular uma incontestável mentira.

Marcelo não deveria prestar-se a este tipo de mistificações e deixar-se arrastar pelo tortuoso caminho das inverdades políticas.

Todo o mérito da actual situação económica, orçamental e social pertencem unicamente ao governo do PS com o apoio parlamentar do PCP e BE e a mais ninguém porque foi capaz, contra ventos e marés, inverter as políticas da governação PSD/CDS.

Seria bom que Marcelo escutasse bem as palavras de Dom Januário Torgal Ferreira

11 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu publiquei esse excerto da entrevista ( cuja leitura recomendo vivamente) no blog e no FB. Ciente que MRS já há muito colocou D. Januário no Index, acredito que não tenha lido a entrevista mas, se a leu, tenho a certeza que não lhe ligou nenhuma.

Maria João Brito de Sousa disse...

Não sei que te diga... não fazia ideia deste específico apagão, mas os fenómenos "naturais" da informação online são (quase) insondáveis...

Abraço

Rogerio G. V. Pereira disse...

Carlos, eu nunca leio um texto antes de ele ser publicado...

Mas quando fui ler o tal seu excerto reparei que também não fez link à Visão...

Rogerio G. V. Pereira disse...

Todos os insondáveis são compreensiveis... pois a maior parte da imprensa se encontra refém da direita

Observador disse...

Aqui pra nós que ninguém nos ouve: Marcelo está, finalmente, a demonstrar que a sua 'laranjada' é mais forte que qualquer outra coisa.

Graça Sampaio disse...

Esta minha certeza não é de hoje:
Este Marcelo é um NOJO!

E ainda está para mostrar
o que muito tem para dar...

Kique disse...

Leitura interessante
Abraço
Kique
https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt

Rogerio G. V. Pereira disse...

Aqui pra nós que todos nos ouvem: Marcelo está, finalmente, a demonstrar que a sua 'laranjada' é uma mistela à base de concentrados adocicados saturados de corantes.
Que não lhe assista os conservantes... e ficará impróprio para consumo, antes do prazo.

Rogerio G. V. Pereira disse...

Não, não está.
Já o topo!

Rogerio G. V. Pereira disse...

Bem vindo, Kique
Se a leitura é interessante
espero que fique

Abraço
(vou dar uma olhadela ao seu espaço)

Maria João Brito de Sousa disse...

Sim, tens razão. Ainda por cima, uma boa parte dela parece ter desenvolvido o síndrome de Estocolmo...