14 agosto, 2012

Eu me penitencio e retrato: "eles" não são iguais, só por que não sei quais são mais...


Por detrás deste sorriso, há um ar desolado mal dissimulado...

Eu me penitencio e retrato. Não podemos meter tudo no mesmo saco. Um exemplo desse não dever misturar tudo é o facto, mais que evidente, que os submarinos andam debaixo de água e os helicópteros andam lá no ar, que nuns casos se descobrem documentos e noutros não há forma de os encontrar... Me penitencio do acto de ter misturado casos não miscíveis e disso ter tornado publico, num comentário...
O que eu devia era mesmo falar, não do(s) caso(s) mas da ocasião, pois é sabido que é esta que faz o ladrão. Isso mesmo, em vez de falar deste e daquele e do outro e mais do padrinho e do enteado dele, devia era falar do sistema. Sim, do sistema. Qual natureza humana, qual tanga? Sou darwinista e quando me falam em natureza humana é como que a dizer: "deixa-os andar, não há nada a fazer, está no ADN do ser".
E o que é isso do sistema? Ah, quando surgem assim perguntas, respondo com respostas já dadas (para que se não diga que acordei agora) ou remeto para coisas a que poucos dão atenção: