02 março, 2013

E agora? Agora que se discutam as saídas, as soluções... (não pensem que só há as que nos cercam e apertam)