21 março, 2018

Poesia, como há muito não acontecia


Coube à professora Luísa Esmeralda apresentar a nossa presidente e, de seguida, apresentar-me  a mim, para depois apresentar e o Davoud e o prof. Jorge Rodrigues.

Coube-me a mim apresentar os  nossos convidados, Domingos Lobo (que, por seu turno, apresentaria o poeta Arménio Vieira) e o Manuel Diogo, que diria seus poemas.

Depois dos ditos, em versos muito aplaudidos, o iraniano Davoud apresentaria quem ali se prestava a declamar Saramago, exibindo o livro e dando notícia de o ter integralmente traduzido e dizendo-os, ele também, em persa.

Arménio e Saramago, foram quem mais nos ocupou o sonho, a nós todos, "Desenhadores de Sonhos", após apelo feito e que conduziria a sala cheia (cheia duas vezes, pois foram duas as sessões)


Ficam as imagens, que são outros tantos vídeos a exigirem trabalhos redobrados, na produção e no enaltecer da participação de gente em processo de multiculturalidade... e foram gregos, costa-marfinenses, franceses, angolanos, são-tomenses, chineses, sírios, outros árabes, alemães e muitos africanos, que pretender dizê-los todos  falta-me o apontamento...

Foi um fim de tarde bonito e uma noite promissora, neste dia dedicado à poesia...

Mudar o Mundo não custa muito, leva é tempo!



Esta reportagem refere-se a uma iniciativa bonita

23 comentários:

  1. Muito bom. As fotografias estão óptimas e que bom ver um tal auditório tão cheio de gente para ouvir poesia.
    Embora não tão importante, mas nós também tivemos a nossa comemoração na Biblioteca José Esteves no Convento da Verderena. A assistência compunha-se dos alunos do 3º e 4º ano da Escola 9 e dos alunos da Universidade Sénior. Começámos com o Cante Alentejano, seguimos com os alunos lendo pequenos poemas seus, tivemos a presença de uma poetisa convidada, e por fim lemos poemas nossos e de poetas consagrados.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Parabéns aos Desenhadores de Sonhos neste dia que se segue ao Dia Mundial da Poesia!

    A todos vos abraço!

    ResponderEliminar
  3. Para vós, Desenhadores de Sonhos, já que não pude estar convosco, ainda que convosco tenha estado;

    A CASA DA POESIA

    (no Dia Mundial da Poesia)

    *

    Minha casa é de sincelo,

    vítrea, pequenina e fria

    e eu, a quem tudo arrepia,

    mesmo assim gosto de vê-lo

    construindo algo de belo

    na velha casa vazia

    do tanto que antes havia,

    do tanto que hoje, esquecê-lo,

    erro fora e, a cometê-lo,

    eu jamais me atreveria.

    *

    Na velha casa, congelo,

    mas é grande a sintonia

    entre mim, nesta avaria,

    e este Inverno... só por sê-lo.

    Nesta casa - o meu castelo -

    há quanto eu desejaria,

    que a minha filosofia

    é ter pouco, é ser singelo

    e é cuidar, com gosto e zelo,

    da casa da Poesia!

    *

    Maria João Brito de Sousa

    21.03.2018 – 11.8h

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um qualquer dia
      hei-de construir uma janela
      na casa da poesia

      Eliminar
  4. Tudo muito belo e significativo
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O multiculturalismo é,para além da prática das instituições e das políticas do Governo, uma atitude. E isso viu-se. E isso foi bom de ver...

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Sem dúvida, maravilhoso.
      Maravilhoso
      como cada um quis chegar ao outro...

      Eliminar
  6. Uma bela tertúlia poética.
    Parabéns a todos os Construtores de Sonhos e a todos os Sonhadores.
    Uma iniciativa a não perder de vista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso Janita
      Sobretudo os muitos estrangeiros
      que estavam e os que participaram
      deixaram pontas de uma relação
      que irá perdurar...

      Eliminar
  7. Há muito que não te via
    a vida transporta-nos
    o rumo é disperso
    mas cabe lá a poesia

    Vejo que continuas ativo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro... há tanto tempo,
      tanto
      Que sejas bem-vindo
      E fica sabendo
      que o ativo
      é bem maior que o passivo

      Eliminar
  8. Obrigada "Desenhadores de sonhos" e a todos os que participaram nesta iniciativa, que tornou o sonho da poesia realidade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara professora
      superou tudo o que esperava

      Agora só falta sonhar por gestos...

      Eliminar
  9. Muito bem! Parabéns

    Convidamos-vos a ler o capítulo VI do nosso conto escrito a várias mãos "Voar Sem Asas"
    https://contospartilhados.blogspot.pt/2018/03/voar-sem-asas-capitulo-vi.html

    Saudações literárias

    ResponderEliminar
  10. Excelente iniciativa, essa!!

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  11. Que excelente evento! Que bela iniciativa!
    Parabéns, muitos parabéns!

    ResponderEliminar
  12. Bom dia. É sempre bom quando se juntam várias pessoas a fim de ouvir declamar poesia. Sou fâ.

    Linkei no meu blogue e fiz-me seguidor-
    .
    * Mulher de Pedra, dormindo entre a Verdura. (Poetizando e Encantando). *
    .
    Cumprimentos poéticos.
    .

    ResponderEliminar