04 julho, 2011

A simpatiquíssima trindade

Tem o quarto poder muito por onde se benzer e ser bem-querido. Não que seja nova esta religião, pois é sabido que data de tempos imemoriais, a forma e a maneira de estar entre os mortais. Sentada à direita da Falsidade, no topo deste triângulo poderoso, podemos ver a Mentira com ar simpático e neutro, sem ternura nem ira. Do outro lado, praticamente com o mesmo rosto e posição, senta-se a Omissão. As três, no feminino mas não mulheres, trocam dizeres de catecismo. São as senhoras do universo e crescem, crescendo com elas, todos os dias, a multidão de crentes, tomando-as, todas as três, por verdades omnipresentes... A Mentira campeia, sem receio de ser desmascarada ou desnudada. Quem o tentar, a Omissão entra eficientemente com a sua eficaz missão.