03 julho, 2013

"Neste momento, o PCP dirige-se uma vez mais aos democratas, aos patriotas aos sectores e forças políticas e sociais genuinamente empenhados na ruptura com a política de direita para que inscrevam como objectivo trabalhar para a concretização de uma verdadeira alternativa para o país."

"Os trabalhadores, o povo, os jovens, os reformados, os pequenos e médios e empresários e agricultores, podem contar com o PCP. Podem contar como sempre contaram com a força mais coerente e indispensável à construção de uma política alternativa, patriótica e de esquerda que assegure a devolução dos direitos e rendimentos, que afirme uma política soberana e independente, que garanta o desenvolvimento económico e o progresso social. Nós temos confiança que com a luta dos trabalhadores e do povo seremos capazes de abrir um caminho novo de esperança para um Portugal com futuro!" 
Jerónimo de Sousa, hoje