28 julho, 2013

"Tudo OK; por enquanto, claro!"

"Segundo um livro da especialidade, uma das explicações da origem deste OK está na Guerra da Secessão nos Estados Unidos. Quando voltavam contentes de um combate, sem nenhuma morte do seu lado, os soldados escreviam: O (zero) Killed (mortos); ou seja: «OK». Isso terá passado do mundo militar para o mundo civil.
OK, no mundo civil, como declaração mínima de optimismo.
- Como estás?
- OK, tudo bem, zero mortos... E tu?
- Não estou morto. Portanto: OK também."

Gonçalo M. Tavares, hoje no Noticias Magazine