06 outubro, 2013

Geração sentada, conversando na esplanada - 35 ("esse comboio perigoso que aí vem")

(ler conversa anterior)
"Como se trava o comboio que avança para o sítio errado? Com um obstáculo.
Quando o desespero avança rápido demais, eis o que deves fazer: colocar um obstáculo entre ti e ele (esse comboio perigoso que aí vem).
Mantém-te, portanto, assim como estás: com um desespero médio. Estar vivo é mais ou menos isso."
Gonçalo M. Tavares - Hoje, Notícias Magazine 

Depois de ter chegado e ser efusivamente saudado (é pela ausência que percebemos quanto somos queridos) cada um ficou para seu lado gozando o sol ou, a coberto dele, a leitura. Ninguém, durante minutos longos, tomou a iniciativa de lançar conversa. O rafeiro do senhor engenheiro, já tinha a sua dose de queque e olhava, de olhos semicerrados, a ponta da bengala que o velho engenheiro ia batendo no chão, repetidamente, pensativo e com o rosto cerrado... Perto dali a Gaby era uma das que usufruía o dia e ia navegando na net, como sempre faz com o seu iPad em riste.  
- Esta gente não pára, agora a margem sul vem invadir Lisboa... não podem ganhar mais uns míseros votos, e aí estão eles...
- Invadir Lisboa? 
- Sim!, já viram a convocação da CGTP, querem fazer a ponte a pé!
- A ponte a pé?
O velho engenheiro interrompeu o seu gesto repetido do bater com a bengala e disse com voz calma e martelada 
- A Ponte-a-pé! A pontapé, é o que é! O pontapé que essa gente merece... Não fosse eu tão velho e trôpego e lá estaria... tivesse eu a idade da menina...
Ia eu a falar mas calei-me perante a entrada enérgica da Teresa
- A essa gente, como dizes, os ganhos eleitorais não sobem à cabeça! A "Marcha" é uma manifestação de resistência!
- Resistência?
- Sim de resistência!, o que que tu achas que vai ser o próximo orçamento? 
- Sei lá eu de orçamentos... eu quero é paz e sossego... 
- Paz e sossego não vais ter tão cedo. E por medo não te adianta ter um "desespero médio"...
A Gaby, sentindo-se desapoiada, calou-se. E certamente todos ficámos a pensar que não é mera coincidência as datas de 15* e de 19. A CGTP mobiliza para resistir ao "comboio perigoso que aí vem" e... vamos ver se descarrila.

*Dia 15 de Outubro é a data limite de entrega do Orçamento na Assembleia da República e 19 o dia da manifestação