29 outubro, 2013

Os previsiveis...


Já tinha entendido que era assim que se preserva a previsibilidade...


Um homem vai fazendo e dizendo, vai dizendo e fazendo, e acontece o dia em que percebe que é a previsibilidade que dá, em politiza como em tudo o resto, a segurança que o ser humano anseia e a que tem direito. A previsibilidade do que se vai fazendo e dizendo resulta de um processo continuado, firmado em colectivo e que tem um passado. Um passado de coerência entre as palavras e os actos. Este meu texto, aparentemente enigmático, serve para aplicar a tudo o que não deva resultar de decisões avulsas ou ao sabor de expedientes ou manobras sinuosas, surpreendentes. 
Servem, por exemplo, para clarificar... quem quiser ser clarificado!