25 outubro, 2013

Miguel, já o conhecem!


Sim, já o conhecem e ele, a si próprio, se vai conhecendo à medida que vai crescendo. A arte de bem voar, precavendo grandes quedas e ficar em guarda contra as aves de rapina são coisas que levam tempo. Em boa verdade, eu nem me recordo de ter aprendido isso. Há coisas que vamos sorvendo nem sabemos como nem quando, mas eu apostaria que foi por aí, por esses 15 anos, que muito me aconteceu. Talvez fosse, nesse momento, que meu juízo se autonomizou no "Meu Contrário" e "Minha Alma" começou a crescer em separado e este meu diálogo interior começou...

Miguel, aqui só para a gente, que ninguém nos ouve ou lê, "ciências" é um bom caminho e, se é verdade que os pássaros voam em bando, não o é menos que os peixes ficam mais protegidos se acompanham o cardume. Nada com forte braçada!, meu caro. Aprende a nadar bem! Este mar, que tens de atravessar é imenso e a maré alta pode chegar a qualquer momento!

E como diria teu pai: "Não te estragues, pá!"