18 novembro, 2015

A Síria, uma região convertida em ferida e a génese do cancro que os comentadores não comentam...


É do conhecimento comum que quando um corpo se fere e a ferida é mantida, esta se converte em chaga. É do conhecimento comum que se a chaga perdura sem cura, degenera.
Um ferida persistente, convertida em chaga, frequentemente origina um cancro e este, quase sempre, alastra.
O estranho é que, sendo isso do senso comum, diariamente se fale das metástases sem associar estas a sequelas, sinais dolorosos do alastramento do cancro...
O vídeo que edito já é (na net) por demais conhecido, mas os média não falam nisso e os comentadores ignoram a evolução da doença, omitem a origem do cancro. Até quando?