01 novembro, 2015

Bohemian Rhapsody, faz 40 anos

Não, não é uma maldade dar destaque à versão dos "marretas". São obras que se situam no mesmo plano da criatividade artística e esta serve-me perfeitamente para celebrar a efeméride de um e relembrar a genialidade de outro da forma mais avinagrada (que tanto me agrada).
Ficam os dois... e a letra