16 novembro, 2015

Nevermind! (Leonard Cohen)


Nevermind 
(...)E tudo isso são Expressões da Doce Indiferença / Que alguns chamam amor
A Grande Indiferença Que alguns chamam Destino(...)
Leonard Cohen

3 comentários:

Maria Eu disse...

Nem é preciso comentar...

Beijinhos, Rogério. :)

Fê blue bird disse...

Leonard Cohen é meu irmão!

Um beijinho

Olívia disse...


«A Doce Indiferença / a que alguns chamam amor»?!
Ele escreveu isto? Sempre pensei que Leonard Cohen fosse todo amor e nunca me foi indiferente.
Amor e Indiferença sofrem de incompatibilidades congénitas.

Lídia