10 novembro, 2015

...e o Passos paf, viva o PAN!


Lá dentro ia-se passando o que se ouvia cá fora. Silêncio absoluto daquela massa compacta enquanto Ferro ia contando. Fila a fila. Na contagem, a dado momento (1min e 15seg) uma grande ovação ao voto de André Silva e só depois a euforia final: A moção de rejeição do PS ao Programa do XX Governo Constitucional foi aprovada com 123 votos favoráveis de socialistas, BE, PCP, PEV e PAN.

Passos paf, viva o PAN!

(não julguem que este post faz um comentário ordinário e a despropósito da importância do momento que alterou o paradigma da nossa Democracia. É que aquele voto pode ser sintomático de a situação criada poder vir trazer para a cidadania muitos que dela se auto-excluíam e que dela se abstinham.)

5 comentários:

Maria Eu disse...

O PAN foi surpreendente.

Beijinhos, Rogério. ;)

Elvira Carvalho disse...

Pois, eu não esperava...
Um abraço

AFRODITE disse...


Pelos vistos, a mudança não é apenas no paradigma... a mudança é também nas regras da Democracia. E isso eu lamento profundamente.

São disse...

Achei bem que a votação fosse fila a fila, para não subsistirem dúvidas.

Quanto ao PAN...fez bem, desta vez.Veremos o que vai fazer no futuro.

Fê blue bird disse...

Chegaram-se à frente e caíram !
Um momento que vai ficar para a nossa história.

Beijinho