24 novembro, 2015

Adeus! Cavaquismo, nunca nunca mais!

O anúncio da morte política de Aníbal Cavaco Silva não é nitidamente exagerado. Cavaco teve hoje, dia 24 de Novembro de 2015, a poucos meses da sua saída formal e com a indigitação de António Costa como primeiro-ministro, o seu último acto de relevo enquanto agente político neste país.
Adeus!
Cavaquismo, nunca mais!
(ler tudo em "Requiem por Cavaco")