10 novembro, 2015

Álvaro Cunhal, faria hoje 102 anos (e que melhor dia para o recordar?)

"António Costa, apelou (...) à "convergência no essencial", na cerimónia de inauguração da Avenida Álvaro Cunhal, (...), durante a qual foi tocada "A Internacional" (foi em Junho de 2013)
"Amar o sol, o ar livre, a natureza, a terra e o mar, o ar e a água, as plantas e as flores, os animais, as pedras, a luz, a cor, o som, o movimento, a alegria, o riso, o prazer, é da própria natureza do ser humano (…)
Que ninguém tenha vergonha de ser feliz. Alem do mais porque a felicidade do ser humano é um dos objectivos da luta dos comunistas."
Álvaro Cunhal, 1946
(10 Novembro 1913 - 13 Junho 2005)

9 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Foi um grande Homem.
Um abraço

Susana Maurício disse...

Um Homem Vertical, Íntegro, Coerente e muitos mais adjectivos poderia mencionar, que nunca será esquecido.
Ontem se fosse vivo teria sido um dia de felicidade para ele.
Talvez o seja na mesmo, porque se manterá eterno.
Abraço
Susana

Fê blue bird disse...

Tenho a certeza que ele ficaria feliz por ver este novo rumo.

Um beijo



Gisa disse...

Saudades daqui! Bjs

Lídia Borges disse...


Álvaro Cunhal, inesquecível, não por ter o seu nome numa rua, mas pela vida de entrega e luta em prol dos ideais em que acreditava. Pôr a sua liberdade em jogo, a vida em risco pela Liberdade dos outros é coisa que não serve aos "heróis" de hoje. Ainda bem que são de pouca dura seus reinados "hollyodescos".

Bj.

O Puma disse...

Uma referência para gerações

© Piedade Araújo Sol disse...

e bem merecia existir uma avenida com o seu nome!
beijo

:)

Maria Eu disse...

Um homem para a História.

Beijinhos, Rogério. :)

Graça Sampaio disse...

Um Homem daqueles!!!

(Neste dia, a minha mãe teria feito 90, se a morte traiçoeira não a tivesse levado aos 62 apenas...)