25 fevereiro, 2019

Desmanipulando - IV


A "bolinha", situa a Guardia Nacional Bolivariana (GNB) quietinha, lá onde deve estar. A azul se assinala a fumaça e as chamas da encenação orquestrada. A manipulação é primária, mas a provocação pode ainda servir para dividir a opinião pública, levar parte dela a aceitar a escalada e esta culminar na intervenção armada. 

À nossa imprensa, bastaria mostrar esta imagem e comentá-la, referindo que o recurso à manipulação é prática antiga, como aqui, neste meu espaço, venho denunciando, desde a imagem de Rocky Balboa que era feito passar por um estudante venezuelano vitima de tortura, até à mistificação de imagens trazidas da Síria.

À nossa imprensa, bastaria fazer passar o comunicado da Cruz Vermelha condenando activistas da oposição por, em tal encenação, se terem disfarçado de trabalhadores da Cruz Vermelha – uma violação flagrante dos protocolos humanitários. 

À nossa imprensa, bastaria citar  o Relatório do Desenvolvimento Humano (PNUD), relativo a 2016 , onde a Venezuela se mantinha como um dos países com um alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) no ranking de 188 países e onde a Venezuela aparece com uma pontuação de 0,767 acima do Brasil (0,754), Peru (0,740) e Colômbia (0,727). 

À nossa imprensa, bastaria anunciar que até lhe ser montado o cerco, a Venezuela era o quarto país com melhor IDH na América do Sul. 

À nossa imprensa bastaria apenas dar uma só dessas noticias e convidar comentadores não encartados. Não o tendo feito será conivente com mais um crime perpetrado por quem já cometeu tantos...  

4 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Finalmente ouvi ontem num dos canais da TV a referência ao embargo económico dos USA à Venezuela!

Abraço

Rogério G.V. Pereira disse...

Rosa
dos bons ventos

Sortuda
ouviste
ai de mim
que não ouvi

nem eu,
nem sei quantos...

Sam Seaborn disse...

Dos jornais ainda tento acompanhar uma ou outra noticias que escolho ler, da televisão, só quando alguém escolhe um dos canais e sou obrigado... acho que a qualidade do nosso jornalismo tem vindo a decair, ou a concorrência entre acaba por levar a escolhas de informação duvidosas que escolho não ver e não ler, enquanto a verdadeira noticia, aquela que necessitava ser divulgada até para haver uma maior pressão e conhecimento não sai ou não é divulgada com a qualidade que merece. Muito provavelmente, fez mais o Rogério em 4 parágrafos, abraço

Rogério G.V. Pereira disse...

Sam

Posso dizer que o meu blog nasceu sob o signo (e a Missão) de desmascarar a informação manipulada e o poder manipulador.

No Brasil, o meu mentor
(Paulo Henrique Amorim) faz isso
com profissionalismo...
eu sou apenas amador.