07 maio, 2010

Solução? Seguir as "boas práticas" de Charlie Chaplin

A política de crédito da banca contribuiu para o atraso e estagnação do país e consequente nível de desemprego (+/- 700 mil desempregados):
- apenas 7,3% do crédito foi concedido à agricultura, pesca e indústria
- 78,1% foi para a construção, habitação, imobiliário e consumo

Como as politicas não mudam, a solução é a prestação de serviços e o empreendedorismo seguindo as "boas práticas" de Charlie Chaplin


Este post foi publicado ao abrigo do ponto 6) da minha declaração de princípios que diz: sempre que me dê na real gana, publicarei poemas, vídeos e outras e outras cenas, desde que se integrem no espírito da minha declaração de princípios

4 comentários:

Isa GT disse...

Boas práticas, sim senhor, negócio muito engenhoso e com lucro, num país de serviços ;)

folha seca disse...

Caro Rogerio Pereira

Repito o que disse (escrevi) num dos seus (sempre)excelentes posts.
"Uma imagem vale por mil palavras". Quantos paragrafos seriam necessários para contar esta "estória"que se adapta perfeitamente à realidade actual.
Para além da genialidade de Charlie Chaplim é de felicitar o meu caro pela capacidade que tem em mostrar a simples "blogueiros" como eu, coisas tão simples, como saber o que é uma chave de luneta...(mas essa é outra cena)
Abraço

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Depois rebentou a bolha e foi aquilo que se viu...

Fê-blue bird disse...

Somos um país de crânios, só pode!
O resultado está à vista!