13 agosto, 2011

Sábado... Foi assim, a semana que hoje finda (7)

Nada do que se passou arrasta grande novidade, apesar do esforço em nos fazer crer no contrário. Prova a eloquente avaliação da troika. O dedo apontado pelos arreados do poder são estertores sem sentido. Assinaram o acordo, apenas não são eles a executar e a receber os elogios e os ais. Também o que se passou em Inglaterra só foi inesperado por até aqui se ter olhado para o lado. Para o lado, que é um bom lado para se olhar em alternativa ao olhar-se para dentro. De quando em quando, mas mais insistentes, repetem-se lamentos já antes ouvidos...

Fim da esperança? Nem pensar, basta olhar os olhos de uma criança.


O Diogo faz 2 anitos hoje. Já conhecem como ele é inteligente e esperto.
Ele é a esperança. Certo?