21 novembro, 2013

Dias históricos são todos, uns mais que outros!


Diga-se o que se disser da força, a da razão é que é a força forte...


Falavam. Que diziam? Não importa
Talvez dissessem que estamos a viver dias históricos
Talvez falassem argumentando, de cada lado da barricada
Talvez argumentassem que a barricada está noutro lado,
e ali nada os separa. Nada
E deu-se o que se devia dar
Mas o ponto alto não foi o argumento que cada lado
Nem a subida desenfreada, da escada
O ponto alto foi aquela força se deter, no ponto
em que mais avanço não valia tanto

Conclusão? O poder legitimo está do lado da razão
e esta, tem muito cuidado, para que não se perca

A pouca distância dali vão começar os discursos...
Que a palavra tenha a força da jornada

9 comentários:

Maria João Brito de Sousa disse...

É tempo de jornadas e palavras Rogério. É tempo delas!

Abraço!

O Puma disse...

O poder está do lado da razão?

Maria Eu disse...

Desejei que fossem mais longe...

Beijinhos Marianos, Rogério! :)

Rogerio G. V. Pereira disse...

"O poder legitimo está do lado da razão
e esta, tem muito cuidado, para que não se perca"

O exercício desse poder, "Puma", é outra história...

jrd disse...

Faço votos para que o poder nunca mais volte a estar acima da razão.

as-nunes disse...

Fiquei com uma sensação muito estranha de que a razão perde vigor quando a "sociedade civil" fica de fora ...
(quero dizer: ouvi um polícia comentar que a sociedade civil não compreende as razões das forças de segurança, que têm direito a um estatuto especial, que ... hummm)

Joaninha Musical disse...

Linda e autentica postagem!! Tambem concordo que a razão é muito forte!! Um beijinho e que deus te proteja!!

Lídia Borges disse...

"O ponto alto foi aquela força se deter, no ponto
em que mais avanço não valia tanto"

Fico-me por aqui, hoje!

Um beijo

São disse...

Esguardai , Senhores do Poder, esguardai que os sinais multiplicam-se!