08 novembro, 2013

O cu e as calças, a incapacidade de estabelecer conexões e retirar conclusões... 2

Hoje foi dia de resistência e luta. É duro dispensar um salário quando ele está minguado e mesmo assim, a aderência prova que há quem vá estabelecendo relações entre o que está a acontecer e o passado. Não só do passado recente, pois o que estamos vivendo resulta de um processo sinuoso, persistente, no qual se incluem factos datados:

Da contrarrevolução ao resgate...

Que haja a capacidade de perceber que o que hoje é notícia resulta do muito que foi acontecendo ao longo do tempo, não acontece de repente o empobrecimento (nem por acaso):
"...o número de multimilionários em Portugal, ou seja com fortunas superiores a 25 milhões de euros, aumentou 10,8% para 870 pessoas no último ano. São mais 85 ‘afortunados’ do que os 785 registados em 2012."