18 janeiro, 2019

O BRASIL DAS “INTELIGÊNCIAS SAFADAS”

“Mas não vivemos em tempo ordinário (…). Cada indivíduo se julga com o direito de ensinar qualquer coisa, surgem apóstolos de todos os feitios, sumiu-se o ridículo e o mundo se vai tornando inabitável”.
Graciliano Ramos, “Linhas Tortas”
Ler tudo isto e mais n´«O Lado Oculto»

7 comentários:

Janita disse...

Se o golpe resultar
e o Maduro derrotar
o povo venezuelano
vai agradecer e
quiçá,
poder à sua terra voltar.

Rogerio G. V. Pereira disse...

Janita

É da História recente
que não há golpe
em que a CIA aposte
que não resulte

Povo? Agradecer? Voltar?
Não sei do que está a falar...

Janita disse...

Rogério.

Não das "Linhas Tortas"
do Graciliano Ramos.

Falo da notícia
que nos pede para ver
no "Lado Oculto".

Está a entender?

Rogerio G. V. Pereira disse...

«Ernesto Araújo, ministro dos Negócios Estrangeiros do Brasil, esteve quinta-feira reunido em Brasília, durante 11 horas, com membros das oposições venezuelanas dirigidas pelo Departamento de Estado norte-americano para “discutir ideias de uma acção concreta” de modo a “restabelecer a democracia na Venezuela”.»

O golpe, entendo... tá todo aí
e eu li

a parte do povo aplaudir, voltar
parece Bolsonaro a falar...

ematejoca disse...

Qual é o maior cretino: Maduro ou Bolsonaro? Ambos!!!

Maria João Brito de Sousa disse...

Fui reler o artigo que já lera e mais uma vez junto a minha voz à de Graciliano Ramos; "Não é o facto de ser oprimido que me atormenta; é saber que a opressão se erigiu em sistema".

Quanto aos demais comentários ao artigo que aqui publicas, penso que para quem ainda acredita num capitalismo "bonzinho" - e são muitos, infelizmente... - é muito fácil comparar Maduro a Bolsonaro.

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Sei por familiares que vivem há muitos anos na Venezuela que a vida está difícil embora estejam ainda a salvo e a aguentar firme porque têm lá tudo!

Abraço