17 janeiro, 2019

Para a CDU, a alternativa à União Europeia não é a autarcia, ou isolamento...

«Para a CDU, a alternativa à União Europeia não é a autarcia, ou isolamento.
Muito pelo contrário, são novas formas de cooperação na Europa, baseadas na soberania e na igualdade de direitos dos Estados, orientadas para o desenvolvimento social e económico, para a reciprocidade de vantagens, para a promoção dos valores da paz e da solidariedade.
Ao longo dos últimos cinco anos, os deputados da CDU no Parlamento Europeu mantiveram uma permanente ligação com a realidade nacional, palmilharam, como nenhuns outros, o país de lés a lés, defenderam firmemente os interesses dos trabalhadores, do povo e do país, combatendo todas as decisões que os prejudicassem.»
Nem sei porque me resolvi dar destaque a esta parte.
Ou, no meu íntimo, talvez saiba
Tem aqui a intervenção toda
Faça a sua escolha

8 comentários:

Maria João Brito de Sousa disse...

No nosso íntimo, todos sabemos por que, dentre discursos fracturantes, escolhemos destacar uma ou outra parte, mas explicá-lo seria remeter o destaque para segundo plano.

Voltarei para ler toda a intervenção.

Abraço.

Francisco Manuel Gentil Apolónio disse...

Com TODA a Europa!

Gil António disse...

Olá:- Politica que só defende os interesses de alguns. Olhem o genro de Jerónimo de Sousa na Câmara de Loures. É a politica do safe-se quem sabe e pode.
.
Bom fim de semana.

*** Refresquei-me nos pingos do teu olhar ***

Rogerio G. V. Pereira disse...

Maria João
Declara ir fazer
o que esperava que faria

Rogerio G. V. Pereira disse...

Caro Francisco

Com a Europa TODA

Ana Tapadas disse...

Admiro um homem com causas e militância!

Bom fim-de-semana.

Rogerio G. V. Pereira disse...

Gil

Obrigado
por me ter informado
que o Jerónimo tem um genro
Quanto à TVI... não vejo

e o Gil tem toda a liberdade
de aceitar
qualquer mentira
como sendo verdade

Rogerio G. V. Pereira disse...

Ana

Também eu milito
por uma Europa
dos povos