08 junho, 2011

Todos os impérios coloniais tiveram o seu fim e cada vez é menor a duração do seu poder autocrático...

A República Romana é a expressão utilizada por convenção para definir o Estado romano e suas províncias desde o fim do Reino de Roma em 509 a.C. ao estabelecimento do Império Romano em 27 a.C. A queda deste império referindo-se ao fim do Império Romano do Ocidente, ocorreu em 476 d.C., com a tomada de Roma pelos hérulos
Mapa animado assinalando a expansão, auge e decadência de domínio territorial Romano (ver aqui)

Não, não me vou meter por incursões nesse passado histórico. Eu, que passei a ser Viriato, estarei no presente sem a tanto recuar. Com o mapa venho apenas uma coisa lembrar: nenhum império, nenhum poder colonial e autocrático sobreviverá hoje tanto tempo. A alma dos povos acabará por se impor. Esse foi o exemplo Lusitano...

5 comentários:

Gisa disse...

Um destino como dono de chaves capaz de libertar sonhos de donzelas aprisionadas ou de países inteiros. Eu diria que é um destino a altura de Viriato...
Um grande bj querido amigo

folha seca disse...

Caro Rogério
Já o felicitei pela nova "personalidade" que assume. Os seus posts e a questões que levanta obrigam-nos a voltar atrás e a repensar muito daquilo que estava arrumado. De facto para chegar-mos aqui de algum lado viemos.
Pode ser interessante voltar atrás e imaginar o mundo se tivesse evoluido de outra forma.
Abraço

mdsol disse...

Cá estarei para ler.. [Mesmo que eu não deixe rasto]

:)))

O Puma disse...

Talvez um dia
fora dos impérios mercantilistas
onde já não se pergunta a uma pessoa como te chamas
mas tão só qual é a tua conta bancária

talvez um dia
o sonho prevaleça

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Fico aguardando com curiosidade, mas creio ser inevitável, futuramente, viajar na máquina do tempo cada vez que ler os seus posts.