09 novembro, 2011

Sem palavras... (se as houvesse, seriam bravas)


Fui buscar a banda desenhada onde ela estava postada 

13 comentários:

São disse...

rrsss esperemos que as iluminárias que nos (des)governam tenham igual lição de humildade!!!

Boa noite

Tite disse...

Eu também já vejo demasiadas "marionetas, por essa Europa controlada pelos ditos "mercados".
Já nem o Tiranossauro Berlusconi é suficientemente manipulável.

Ao que isto vai chegar!

Chuac!

Fê-blue bird disse...

Amigo Rogério.
Uma descrição perfeita!
Acho que só a mãe natureza é que nos pode salvar, e ela anda tão mal amada.

beijinhos

manuela baptista disse...

é por isso
que tem chovido tanto!

mas o Calvin tem graça, outros não a terão

um abraço

manuela

carol disse...

Pois!...Há quem pense que domina tudo e todos. São os chamados ditadores - mas eleitos pelo povo...

jrd disse...

Pois é. isto está mesmo a pedir chuva.

acácia rubra disse...

Acho que até a chuva nos irão tirar.

Aos poucos lá chegaremos...

Beijo

Ana Tapadas disse...

Perfeito.
Trabalhei treze horas (com uma para almoço). Vejo notícias...que te posso dizer?!
Perfeito.
bj

Lídia Borges disse...

Fui lá ver. Valeu a pena!

Será que podemos acreditar na metereologia ou teremos de fazer "a dança da chuva"

Um beijo

L.B.

intimidades disse...

hahahaha

um dos meus cartoons preferidos

a par da mafalda

Bjinhos
Paula

ematejoca disse...

A vida castiga quem tem a ilusão do poder.

Maria João disse...

Mesmo assim, e nem que aconteça um dilúvio, há quem mantenha a ilusão de ser o único a deter o poder de matar a sede, acima de tudo e de todas as coisas, com todas as incongruências e no meio de tantas mentiras. E há flores que, apesar de toda a chuva que recebem, continuam a acreditar que a água que lhes é dada, gota a gota, é a única que as sacia.

Um abraço, Rogério

BRANCAMAR disse...

Olá Rogério,

Ri-me com a Lídia, acho que temos mesmo que fazer muitas vezes a "dança da chuva", embora a situação não seja para rir, mas é nas dificuldades que o humor mais floresce...porque é com a criatividade que se cresce. Até rimei, :)

Humor é sinal de inteligência e como o mundo é pequeno levaste-me ao blog de um conterrâneo meu, fiquei encantada por o descobrir, porque já o conheço há muito, desde o princípio da sua carreira, que tem sido florescente, embora não o veja com frequência. A esposa trabalhou comigo e ambos são pessoas extraordinárias.
Um beijo para eles, se passarem por aqui. Vou passar a ir também por lá.

Obrigada pela pertilha.
Branca