21 março, 2014

No dia em que o mundo suporte um só dia da poesia, adeus mundo...


10 comentários:

Maria Eu disse...

Tenho a poesia na alma!

Beijinhos Marianos, Rogério! :)

(Poesia, é, ainda, uma flor vermelha na ponta de uma espingarda.)

Anónimo disse...

Que lindo poema, neste dia.

Anónimo disse...

Que lindo poema, neste dia.

Lídia Borges disse...


É sim. Poesia é tudo isso.
Se em frente do esplendor do mundo nos alegramos com paixão, também em frente do sofrimento do mundo nos deveríamos revoltar com paixão...
Convocado pela Poesia, o poeta não pode deixar de escrever... E fá-lo
Mas não pode tanto, o poema. Ele é apenas metade da obra. Para que ela se complete é necessário um leitor que o saiba entender.

Ontem, aqui numa sondagem "sapo", verifiquei que, à pergunta, "costuma ler poesia?" apenas 15% respondeu afirmativamente. Desses, alguns mentiram. A mim pergunto, quase todos os dias, que mundo é este? para onde caminhamos?...


Um beijo

jrd disse...

Muito bom!
"A poesia é uma arma carregada de futuro" (Gabriel Celaya)

São disse...

ESplêndida definição de poesia!

Bom fim de semana, amigo meu

Graça Sampaio disse...

Bela definição de poesia... Parabéns!

Agostinho disse...

No meio do nada há suor
que rega a seara da esperança
renasce na fenda rasgada
o querer da madrugada em flor.

Fê blue bird disse...

Eu não posso viver sem essa flor solitária e solidária.

beijinho

ematejoca disse...

O Dia da Poesia já passou, mas o POEMA do camarada Rogério fica gravado na minha memória.