25 janeiro, 2016

Agora a frio...

Fala-se, por aí, por tudo o que é lado, que o PCP está lixado. Que se vê reduzido à mais ínfima expressão e que o Tino quase lhe passava a perna... Deixem que dê a perspectiva de quem percorreu as mesas eleitorais cá do meu burgo: em muitas presidências estava "gente minha" em representação de Sampaio da Nóvoa e eu não estranhei.

Nóvoa é um caso único de independência partidária, em contexto de um caso (que se repete) de divisão do PS. Este o caldo que explica que o eleitorado do PC não se tenha fixado e tivesse corrido a votar voto útil.

A frio, continuo a pensar que Edgar da Silva devia ter o seu percurso de vida contado nas nossas escolas. 

6 comentários:

AvoGi disse...

Aqui na Mamadeira ficou em segundo lugar, mas é aqui que é (mais) conhecido
Kis:>}

Lídia Borges disse...

É preciso refletir, fugir da tendência (natural) para a justificação pelo caminho fácil do que parece óbvio.

As boas pessoas nem sempre são as pessoas "boas".

Bj.

São disse...

Edgar Silva merecia melhor sorte, sim

Rogerio G. V. Pereira disse...

só lhe digo: quem conhece bem ou estima
ou empurra para o lado

Edgar era (é) estimado

Rogerio G. V. Pereira disse...

A escolha de Edgar não foi avulsa...

Hei-de falar dele aos meus netos.

Rogerio G. V. Pereira disse...

...entretanto, mesmo se mais votado
não alteraria o resultado
pois o voto fugiu
para o lado certo
Nóvoa