23 janeiro, 2016

Reflectindo sobre... as sondagens


imagem "de seu, a seu dono"
As sondagens aerológicas anunciavam mau tempo, outras tempo incerto.
Contudo, não se confirmam as anunciadas nuvens negras...
...e "o sol brilhará para todos nós"

10 comentários:

Lídia Borges disse...

Amanhã não vai chover! Se o Sol quiser aparecer será bem-vindo, não há que temer. :)

Bj.

Lídia

ematejoca disse...

...e o sol não brilhará para todos nós, porque o Marcelo ganha logo na primeira volta.

Fê blue bird disse...

Que o novo sol vai nascendo, em nossas vozes vai crescendo,um novo hino à liberdade.
Assim espero e desejo !

Um beijinho



Rogerio G. V. Pereira disse...

Se o Sol não quiser
Vamos buscá-lo
Onde ele estiver

Se não for amanhã
será num amanhã que vier

Rogerio G. V. Pereira disse...

Não me confesses
Teus inconfessáveis desejos

Beijos

Rogerio G. V. Pereira disse...

Enquanto lia
entoava

é tão belo!...

(quer a canção, quer a espera, quer o desejo)

Um beijo

ematejoca disse...

Se pensas, camarada Rogério, que voto no Marcelo ou na Maria de Belém, estás muito enganado.

Rogerio G. V. Pereira disse...

(Foi a melhor notícia que tive hoje, além de outras que não foram nada más!)

Não preciso que me jures
Eu acredito

folha seca disse...

Caro Rogério
Anda por aqui um bom ambiente de esperança, desde a Fê a cantar at´´e a Ematejoca que às vezes é suspeita.
Que assim seja.
Vamos por um tempo novo, animar as nossas "almas"

Abreijos
Rodrigo

Rogerio G. V. Pereira disse...

Caro Rodrigo,

Por aqui nunca faltou um ambiente de esperança
Por aqui nunca faltou um pássaro azul pousado no meu beiral
Por aqui nunca faltou a incerteza de uma Teresa

o que falta mesmo é o sol

talvez amanhã
caso não, depois

Nunca é tarde para um tempo novo