08 janeiro, 2016

...E o Nóvoa lhe deu a merecida "sova"... (bem me apetecia falar nisso!)

... contudo, não é disso que falo (embora bem me apetecesse) e volto às coisas do ensino, da escola. Vamos lá a ver, se depois do sistema de avaliação atacamos a questão de fundo que mais tem a ver com o aluno: a qualidade, a competência e a requerida dignidade do oficio de ensinar.
Disse a Lídia, num comentário, sobre o que ela entende ser a questão de fundo:
«Pôr uma criança a escrever sem erros ortográficos e a acertar as operações aritméticas é muito mais fácil do que levá-la a fazer algumas perguntas sobre o que a rodeia...»

6 comentários:

Observador disse...

Nóvoa sovou Marcelo. Para ajudar, Belém fez tremer o professor.
E as sondagens que valem o que valem, não perdoam: Marcelo perde quatrop pontos em dois meses.

Rogerio G. V. Pereira disse...

Marcelo parecia um edifício sólido
Construído com o cimento de toda a imprensa
De sova em sova demonstra-se o sórdido
Ruir será a merecida sentença

Elvira Carvalho disse...

E desta vez até vi o debate. Por acaso. Que já me tinha chateado de ver a "estrela" e o seu ar de quem não precisa chatear-se que a passadeira já estava estendida.
Um abraço e bom fim de semana

Rogerio G. V. Pereira disse...

Elvira,

Por acaso eu até queria falar do ensino...

Elvira Carvalho disse...

Eu percebi amigo. O que não percebo é o suficiente do assunto, para dizer mais do que o que tinha dito no post anterior. Assim sendo, e como estava aberta a porta da sova...
Um abraço e bom Domingo.

Graça Sampaio disse...

Gosto do gráfico. Como sairiam os meus alunos? Não tive 25 000, mas tive algumas centenas deles...