14 janeiro, 2016

Mafalda, uma telespectadora atenta, reflecte sobre o desejo íntimo de Marcelo


10 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Pois... já deve estar farto de visitar velhinhos, de comer "sandocha" de fingir que é amigo do povo. E sem vontade para recomeçar.
Um abraço

Mamã Iogurte disse...

Esta Mafalda é sempre tão astuta e perspicaz!
Abraço!

Fê blue bird disse...

Boa !

Um beijinho para o ilustrador :)






Rogerio G. V. Pereira disse...

Nada o impede de continuar a desempenhar o papel para o qual o anterior regime o terá talhado. Fingir é próprio de um fingidor!

Abraço

Rogerio G. V. Pereira disse...

A Mafalda teve o bom-senso de não se candidatar!
Ligou-me a dizer "Rogério, eu sou só e apenas uma criação do Quino. Posso lá eu competir com Marcelo?"

Rogerio G. V. Pereira disse...

A Mafalda, o Quino e eu
agradecemos o beijinho que me deu!

:)

Janita disse...

E não sabe a Mafaldinha das piadas e da grande vontade de protagonismo do candidato Tino de Rans...:-))

Rogerio G. V. Pereira disse...

Se eu já engoli sapos
Porque razão não poderia ela engolir rãs?

:)

O Puma disse...

Mais um Cavaco

Rogerio G. V. Pereira disse...

De facto
Mais um Cavaco