06 janeiro, 2016

Edgar: «A efervescência das utopias, do novo, do absolutamente novo...»


A finalizar a entrevista, Maria Flor Pedroso anunciou a escolha, comentando que ela revela muito do intimo da pessoa. Edgar escolheu, de Rodrigo Leão, «O encontro» e disse das suas razões:
«...porque "O encontro" tem a ver com a possibilidade da mudança absoluta, com a transformação da vida, com o imprevisível, com a efervescência das utopias, com a germinação do novo, com o novo, com o absolutamente novo!»
(imagem acima colhida do vídeo "Um homem Justo...")

6 comentários:

Alexandre de Castro disse...

Entre os candidatos, apoiados ou conectados com os partidos com representação parlamentar, Edgar Silva é o único que está a jogar ao ataque. Os outros, tendo medo do jogo aberto, limitam-se a cavalgar na notícia do dia, mas sempre com um olho virado para as sondagens.

Elvira Carvalho disse...

Já por aqui andei. Já fui ver e ouvir a entrevista. Mas... que posso dizer-lhe além de que gosto muito da imagem que escolheu?
Um abraço

Rogerio G. V. Pereira disse...

Edgar é a afirmação de uma certeza
e o que faremos com ela, o povo o dirá
pois será dele a última palavra

esperamos a todo o momento o tal "encontro"

Rogerio G. V. Pereira disse...

...e "O encontro" escolhido?
Ouviu?

O Puma disse...

Para um encontro tudo se move
Abraço amigo

Rogerio G. V. Pereira disse...

...é bem verdade
tudo se move...
e se movendo
talvez o mundo mude