22 janeiro, 2016

Marcelo Rebelo de Sousa. E se as vozes fossem mais que as nozes?

 

A despedida do professor da sua condição de candidato a candidato foi um espectáculo. 
Reunindo todos os seus seis "mandatários" (e mais quem lhe assinava o cheque) houve momentos comoventes. Em 15 anos de presença, sem folgas nem descanso, o seu "tempo de antena" semanal no ‘Jornal das 8’ da TVI bateu, naquele domingo, um recorde de audiências e, num pico, registou 1.783.300 eleitores-basbaques.  O homem entusiasmou-se e, de pronto, anunciou o que antes já antes tinha anunciado: "Portugueses, eu sou já o vosso presidente". 
Mas nem sempre um professor-advogado é dado a contas: 2.401.015 votos foram os necessários para eleger Cavaco e este passou por "uma unha negra"
Dia 25 ofereço-lhe uma máquina de calcular!

14 comentários:

Maria Eu disse...

Assim seja! O discurso bafiento e paternalista que acabou de fazer coroa o populismo a raiar o ridículo da sua campanha.

Beijinhos, Rogério. :)

Nidja Andrade disse...

Se tratando de discursos estou sempre por trás das cortinas!...
AbraçO

Graça Sampaio disse...

Oxalá!!!

Elvira Carvalho disse...

Quem dera que os portugueses, pensassem bem antes de votar.
Abraço e bom fim de semana

© Piedade Araújo Sol disse...

por vezes há surpresas...mas...

bom fim de semana

:)

Observador disse...

Há quem diga que Marcelo é a pessoa ideal. Mas o que será isso de pessoa ideal?
Como não sou fã de pessoas ideais, com o meu voto ele não conta.

Rogerio G. V. Pereira disse...

Votemos em Fevereiro

Rogerio G. V. Pereira disse...

Por detrás dos panos
se omitem gestos
e se fabricam enganos

É preciso estar sempre em cena

Rogerio G. V. Pereira disse...

Ox Alá

Rogerio G. V. Pereira disse...

Votemos bem
amanhã
e em Fevereiro também

Rogerio G. V. Pereira disse...

Espera_nça

é já de si uma espera
amanhã saberemos
Votemos!

Rogerio G. V. Pereira disse...

...e já somos dois
faltam-nos uns poucos... milhões

O Puma disse...

Marcelo não é Cavaco
mas tem o seu apoio

Rogerio G. V. Pereira disse...

Cavaco não é Marcelo
mas teve o seu apoio