05 dezembro, 2011

Medo, medos... (2)

.............................................................roubei o miúdo à "Dja tocando em frente"
.
Rir? Sorrir?
Sorrir de um medo?
Desse medo
que resulta
do nosso próprio enredo?

21 comentários:

José disse...

Tive aqui uns cinco minutos, a olhar para o miúdo, e a rir sozinho, não sei se isto será normal?

José.

RSM disse...

Está espectacular!!!

Muito boa esta pérola, Rogério!

Abraço e boa semana.

P.S.- E o livro quando é que vai para as livrarias?

folha seca disse...

Meu caro Rogério
EStou a rir feito "tolo" nem imagina quanto precisava.
Abraço

intimidades disse...

Hehehe a vinganca da sardinha

Adoro pescar mas nunca me aconteceu nada assim

Eu tenho a fobia que e ao mesmo tempo Mais parva e que complica a vida a quem me quer ofecer algo, tenho um medo irracional de flores

Bjinhos
Paula

acácia rubra disse...

Sorri, Rogério.

Porque o medo, para este miúdo, é inversamente proporcional ao tamanho do causador...

E o nosso?

Beijo

carol disse...

Ih! Ih!Ih! Estão os dois com medo um do outro. Tá de mais! Pareço eu com medo dos ratos que aparecem ali no quintal e eles com medo de mim...

Beijinhos (sem medos)

HORIZONTE XXI disse...

Perfeita alegoria do medo.
Muito bom

Abraço livre.

Mar Arável disse...

Um delicioso momento

Abraço

José Rodrigues Dias disse...

Do medo do nosso enredo,
Capitulamos ou lutamos.
Lutemos sem medo!

Vítor Fernandes disse...

Impossível não dar pelo menos um sorriso.

Lídia Borges disse...

Não nos podemos rir de coisas sérias.
Então não é que o malvado do peixe deu em perseguir a criança? :)

Rem razão! Os medos são, quantas vezes, criados por nós. O pior é que, mesmo assim, são limitadores.

Um beijo

Flor de Jasmim disse...

Por e simplesmente divinal!!!
Obrigada por este momento.
Beijo

Ana Tapadas disse...

Excelente. Boa ilustração para o medo de ter medo...
Confesso que sofro um pouco disso.

Beijinho

Fê-blue bird disse...

Amigo Rogério:
Adorei este medo, fui ver a origem e também gostei :)
Mas tenho medo dos outros medos em que me enredo.

beijinhos

BRANCAMAR disse...

Sorrir sim, sempre, é a melhor maneira de enfrentar qualquer situação na vida, mas sempre me perguntei: o que é o medo?
Alguém me sabe explicar?
Esse sentimento abstracto existe?
Ou será apenas uma ansiedade de não querer estar em certos lugares e certas situações?

Beijos

Tite disse...

Medo de não controlar a situação.

Abraços

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Que sejam ao menos as crianças a fazer-nos sorrir.

Eduardo Miguel Pereira disse...

Belo momento este Rogério.

Palavras Vagabundas disse...

Achei o máximo o menininho pescador, risos
Ás vezes a vida é assim mesmo, pensamos que pescamos algo bom, que no fim nos da medo e custamos a largar.
bjs
Jussara

São disse...

rrsss

Bela metáfora.

Um abraço

Gisa disse...

Enredar é o caminho da solução ou da fuga?
Não sorrio, penso.
Um bj querido amigo