29 dezembro, 2015

Balanço 2015: Os meus melhores, segundo critérios inspirados pela Minha Alma, aos quais não se opôs Meu Contrário (nem Eu)

A minha melhor frase: Publicada pela primeira vez, numa resposta ao Diogo, em Fevereiro
"Mudar o Mundo não custa muito, leva é tempo!"
O meu melhor post: "Filhos, hoje o dia é delas...", em Maio (é também o melhor vídeo)


A memória que fica

Depois do ventre, o seio
O colo
A caricia e o consolo 
O perfume que permanece
Enquanto se cresce
A mão na testa
A mão que tapa
A mão que lava
A mão que trava
(Por aí não, filho)
O sorriso
O ralhete, no momento preciso
E a memória que fica
muito depois da partida
Rogério Pereira
A minha melhor foto: no dia em que o (nosso) Mundo começou a mudar, em Novembro

Reafirmamos agora, e em definitivo, o que temos sublinhado: há na Assembleia da República uma maioria de deputados que é condição bastante para o PS formar governo, apresentar o seu programa, entrar em funções e adoptar uma política que assegure uma solução duradoura na perspectiva da legislatura.  - ler tudo aqui