15 dezembro, 2015

Salvar bancos? E tantos?

 

”Fazer com que salvar os bancos seja uma responsabilidade nacional é uma loucura”,disse Krugman. Mas a ênfase do que disse Krugman foi dada ao alerta dado sobre o salário mínimo, dizendo que era arriscado.  Outra imprensa, esqueceu outra parte importante do que Krugman também disse: «... que Portugal deve ter um plano B para o caso de ser necessário sair do euro, alertando que o governo tem "pouca margem" de manobra.»
Aparentemente, cada colocação é uma questão isolada. Mas não é nada.

4 comentários:

Elvira Carvalho disse...

A imprensa mostra bem de que lado está. Eles estão-se lixando, para o povo que sobrevive com o salário mínimo. Eles estão é preocupados com os bancos.
Um abraço

Agostinho disse...

Até quando o dinheiro é mais importante que as pessoas?
Fez/se o dinheiro para o homem ou o homem para o dinheiro?

O Puma disse...

Não acredito em bancos
até já desconfio dos do jardim

Lídia Borges disse...


E ninguém tem culpa, ninguém vai preso!... Será o destino que perdeu o tino?


Bj.

Lídia