18 dezembro, 2015

Redacções do Rogérito 29 - "Aquilo de que eu mais gosto no Natal"

Tema da redacção: "O que as crianças gostam mais no Natal"

Gosto mais deste tema do que aquele que me foi dado no ano passado em que a minha redacção de então mereceu um raspanete valente da stora não gostou nada que tivesse escrito que o Natal devia ser quando o homem quisesse e que me tivesse queixado por se limitarem a assinalar o que manda o calendário ou a seguir a parva da popota que além de feia e gorda tem ar de badalhoca e manda toda a gente comprar lá no continente deixando o comércio tradicional às moscas pois aí as pessoas são poucas.
O que eu gosto menos ou até nada no Natal é apanhar os adultos a fazer de conta que que me enganam sem ter nenhum jeito para enganar atribuindo àquele velho tó-tó coisas que são eles a fazer sem o conseguir esconder e eu até quase tenho pena de os ver fazer tal cena e a esquecer que a data assinala o menino que vai nascer e que as prendas são uma invenção distorcida do que faziam os Reis Magos na oferenda de prendas e que tal lenda talvez tenham caído em desuso por serem gente suspeita oriundos lá do oriente pois na Europa até passou a haver medo daquela gente o que não se compreende e é pena que os tenham retirados dos presépios que por aí se vai vendo.
O que gosto mesmo mesmo no Natal é de comer fatias-paridas depois de as abanar pois o excesso de açúcar só dá para atrapalhar e gosto também quando chega a meia-noite ficar para ali a desembrulhar a desembrulhar a desembrulhar e depois mandar para um canto tudo o que tiver desembrulhado e ficar a olhar para toda a minha família na sala sem conter a língua e a falar pelos cotovelos e eu fico embevecido a vê-los o que é mais divertido que qualquer brinquedo dos que tenha recebido. 
É por tudo isto que eu acho o Natal muito bonito!
Enviar um comentário